V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Transtornos alimentares são temas de conferência

Quem sofre de transtornos alimentares necessita de tratamento multidisciplinar. É um problema cada vez mais frequente na sociedade

às 21h53
A participação dos alunos no evento demonstra o interesse pelo tema
A participação dos alunos no evento demonstra o interesse pelo tema
O egresso Samuel Benson
O professor Hugo em meio aos membros da Liga
Compartilhe:

A coordenação do curso de Nutrição, juntamente com membros da Liga de Nutrição Clínica, promoveu na tarde dessa quarta-feira, 6, na sala 24 do bloco F, um seminário para discutir transtornos alimentares.

“Percebemos que há um número crescente de transtornos alimentares. As pessoas têm uma visão errada da alimentação, e esse nosso encontro tem por objetivo esclarecer o que são esses transtornos alimentares, quais suas consequências e como é possível tratá-las”, pondera o coordenador da graduação, professor Hugo Xavier.

É um evento de enceramento do semestre promovido pela Liga que reúne profissionais multidisciplinares para discutir em uma mesa-redonda os transtornos alimentares. “Em se falando desses transtornos não conseguimos tratar o paciente isoladamente. Precisamos do apoio do psicólogo e do médico”, ressalta o professor Hugo.

A presidente da Liga de Nutrição, a acadêmica Daniele de Oliveira Silva, considera importante a realização do evento, uma vez que diferencia do cotidiano vivenciado pelos alunos em sala de aula. “Estamos conseguindo promover um diferencial para o nosso curso que é exatamente o que procuramos fazer desde que criamos a Liga”, explica a jovem que está cursando o 4º período.

Egresso da Unit e hoje profissional atuante, Samuel Benson retornou à academia para passar para os seus futuros colegas um pouco da experiência vivida em seu consultório. Segundo ele, a consciência da população em relação à educação alimentar vem obtendo sensível melhora. “Hoje as pessoas têm mais acesso à informação e um consequente maior senso crítico em relação às informações que são passadas e que estão relacionadas à nutrição”, pondera o convidado que destacou em sua palestra o tema ‘Compostos bioativos nos transtornos alimentares’.

Compartilhe: