V E S T I B U L A R UNIT
MENU

A Universidade Tiradentes participa da 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

A iniciativa foi realizada de 21 a 23 de novembro nos polos presenciais de Educação a Distância e Campus Farolândia da Unit

às 15h03
Compartilhe:

A Universidade Tiradentes, por meio de uma iniciativa do Núcleo Docente Estruturante do curso de Administração EaD, participou de mais uma edição da Mostra Cinema e Direitos Humanos. Com o tema central “A celebração dos 70 anos de Declaração Universal dos Direitos Humanos”, o evento, realizado de 21 a 23 de novembro nos polos presenciais de Educação a Distância e Campus Aracaju Farolândia da Unit, contou com a participação de estudantes dos cursos EaD e da graduação presencial.

A Mostra é uma das estratégias do Ministério dos Direitos Humanos para consolidação da cultura e da educação em Direitos Humanos, ampliando espaços de debate e discussão por meio da linguagem cinematográfica e contribuindo para a formação de uma nova mentalidade coletiva para o exercício da solidariedade, do respeito às diversidades e da tolerância.

“O evento traz a educação em Direitos Humanos. É muito importante fazer com que as pessoas entendam de fato o que versa sobre a declaração universal dos direitos humanos. Além disso, a Mostra promove total acessibilidade e possui um papel de inclusão muito relevante, seja para pessoas com deficiência visual, auditiva, entre outras. Os filmes possuem closed caption, sessões de áudio descrição e libras”, declara o docente do curso de Administração EaD e coordenador local do evento, professor Mário Eugênio

Durante a mostra, foram apresentados filmes de curtas, médias e longas metragens que contemplam aspectos como, direitos das pessoas com deficiência, população LGBT/enfrentamento da LGBTfobia, memória e verdade, crianças, adolescentes e juventude, pessoas idosas, população negra, população em situação de rua, mulheres, direito à participação política, combate à tortura, situação prisional, saúde mental, cultura e educação em Direitos Humanos.

Entre os polos da Unit que receberam a Mostra estão o de Arapiraca, Glória, Neopolis, Lagarto, Umbaúba, Caruaru, Poço Verde, Tobias Barreto, Itabaiana, Vitória da Conquista, entre outros.

Na edição do ano passado, a Mostra Cinema e Direitos Humanos teve público total de 45.305 pessoas em 839 sessões. Aracaju foi a quinta cidade com maior público com 2.084 espectadores ficando atrás apenas de São Paulo (5.729 espectadores), Macapá (4.135 espectadores), Palmas (3.334 espectadores) e São Luís (2.219 espectadores).

Sobre a Mostra

Nesta edição, a Mostra, que acontece de 15 de novembro a 16 de dezembro em todas as capitais do país, é realizada pela Secretaria Nacional de Cidadania do Ministério dos Direitos Humanos (SNC/MDH) e a produção nacional é realizada pelo Instituto Cultura Em Movimento (ICEM). A ação é coordenada pela Coordenação-Geral de Educação em Direitos Humanos.

A mostra tem, como tradição, homenagear cineastas cuja filmografia explora a temática Direitos Humanos, trazendo-a para o foco dos debates. Na 12ª Edição será homenageado o ator Milton Gonçalves. Com uma filmografia de mais de 70 filmes, o ator e diretor Milton Gonçalves é um dos mais atuantes artistas do país.

 

Com informações do Ministério dos Direitos Humanos

Compartilhe: