V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit avança nas pesquisas

Professores doutores dos Programas de Pós-Graduação Strictu Sensu da Unit são contemplados com Edital Universal/CNPq

às 16h23
A equipe de pesquisadores contemplados com  o Edital Universal/CNPq
A equipe de pesquisadores contemplados com o Edital Universal/CNPq
A diretora de Pesquisa e Extensão, professora doutora Ester Fraga Vilas-Bôas Carvalho do Nascimento
Compartilhe:

A Universidade Tiradentes desponta como a única instituição do Nordeste brasileiro a aprovar nove projetos através do Edital Universal do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq.

Dentre as nove aprovações, três são da área de Engenharia e todos eles na faixa “C” correspondente a maior alocação de recursos, variando entre 150 e 300 mil reais.

“Dos 14 projetos aprovados da Engenharia Química e Engenharia de Processos no Brasil, três são do doutorado em Engenharia de Processos da Unit”, afirma o doutor César Costa Pinto Santana, professor sênior da Unit cuja pesquisa está relacionada à recuperação e produtos de autovalor agregado a partir do processo de produção do biodiesel.

O coordenador do mestrado e doutorado em Engenharia de Processos da Unit, doutor Álvaro Silva Lima explica que o seu projeto vai tratar com a formação de um kit diagnóstico para câncer utilizando o sistema aquoso bifásico em forma não evasiva. “Ao invés de tirar uma alíquota do sangue, vou utilizar a própria urina do paciente que estuda um tipo de patologia pouco detectável por apresentar um baixo índice de possibilidade de se verificar os componentes que são os biomarcadores. Esse processo faz com que haja uma concentração dos biomarcadores e através deles eu terei condições de fazer uma melhor avaliação facilitando assim o diagnóstico médico”, explica.

A coordenadora do programa de pós-graduação em Educação, professora doutora Dinamara Garcia Feldens destaca que foram aprovados projetos relacionados a incentivo ao próprio programa realizado em parceria com a Fapitec. “Os dois projetos aprovados através do Edital Universal do CNPq nessa área da Educação são importantes porque estimulam e fomentam o intercâmbio nacional em Pós e entre instituições”, lembra Dinamara.

A coordenadora do programa de Pós-Graduação em Saúde e Ambiente, professora Cláudia Moura de Melo destaca que três dos quatro projetos aprovados estão na faixa “C” o que representa uma liberação de R$ 390 mil reais somente para o desenvolvimento de pesquisas em sua área de atuação.

“Esse é o tipo de edital que prioriza e beneficia pesquisadores de ponta no país. São projetos na área de biotecnologia com utilização de produtos naturais para reutilização nas áreas de saúde e industrial”, salienta a docente lembrando que se trata de projetos voltados para a área ambiental. Segundo a professora doutora Cláudia a Unit vem apoiando várias políticas institucionais voltadas ao amadurecimento dos programas de pós-graduação que ela executa.

O programa de Biotecnologia Industrial está representado, interinamente, pela doutora Francine Ferreira Padilha. Ela afirma que os projetos aprovados por seis docentes revela o quanto os mesmos estão qualificados. Ela atribui que os resultados obtidos pelo mestrado e doutorado em Biotecnologia Industrial resultam do esforço empreendido pela Universidade Tiradentes que vem apostando fortemente na pós-graduação e na consolidação dos seus programas.

A doutora Patrícia Severino, uma das docentes contempladas com o Edital Universal pelo programa de Biotecnologia Industrial revela que seu projeto busca o desenvolvimento de filmes para uso bucal através da utilização de antibióticos e anestésicos destinados a pacientes que apresentam mucosite oral.

Isabel Bezerra Lima Verde é docente dos Mestrados de Saúde e Ambiente e Biotecnologia Industrial e também foi contemplada com o Edital Universal para o desenvolvimento do seu projeto que trata da criopreservação do sêmen humano através da utilização de vários tipos de gomas.

Esse é o resultado de uma política institucional que a Universidade possui a 52 anos atuando na área da educação no Brasil. “Há uma política institucional forte para o Strictu Sensu de apoio e de qualificação dos quadros para oferecer um ensino cada vez melhor para os seus alunos.

“Esse é o resultado de uma política institucional que a Universidade possui a 52 anos atuando na área da educação no Brasil”, afirma a professora doutora Ester Fraga Vilas-Bôas Carvalho do Nascimento, Diretora de Pesquisa e Extensão da Unit. Segundo a docente, há uma política institucional forte para o Strictu Sensu de apoio e de qualificação dos quadros para oferecer um ensino cada vez melhor para os seus alunos. “Estamos a caminho da internacionalização dos nossos cinco programas de pós-graduação. Esta é a meta para até 2021”, complementa.

Trata-se de um caminho longo que está sendo planejado pela Diretoria de Pesquisa e Extensão com racionalidade e cautela objetivando implantar uma rede internacional de pesquisa com a presença de doutores estrangeiros nos programas da Unit e a presença dos doutores da Unit nos programas internacionais, bem como a mobilidade de alunos do mestrado e do doutorado em programas desenvolvidos por distintos países. “Outro braço importante é a publicação conjunta com doutores estrangeiros em periódicos internacionais”, lembra a professora Ester.

 

Fotos – Marcelo Freitas

Compartilhe: