V E S T I B U L A R UNIT
MENU

10 motivos para fazer um curso EAD em Fotografia

A graduação em Fotografia é ampla e apresenta diversos conhecimentos e especificidades para os seus profissionais

às 14h30
Foto: Freepik
Foto: Freepik
Compartilhe:

Com um aparelho celular em mãos, qualquer um pode registrar imagens. Porém, aqueles que enxergam pessoas, paisagens, objetos, momentos e fatos políticos, sob um ponto de vista diferente, têm grandes capacidades de se tornar um fotógrafo profissional. É por isso que existe o curso de Fotografia na modalidade de Educação a Distância (EAD).

A formação vai ajudar o futuro profissional a imprimir aos seus trabalhos com qualidade estética, dominar as técnicas perfeitas e prezar pelo cuidado com os direitos de utilização da imagem de uma pessoa.

“O fotógrafo trabalha com a magia, captar momentos marcantes é algo mágico. Fotografias são registros que vão nos lembrar da nossa história de vida pessoal e também enquanto sociedade. De certa forma, o fotógrafo tem um papel de preservação histórica, e isso é muito importante”, ressalta o professor tutor na Universidade Tiradentes (Unit), Alan Costa.

Durante o curso de Fotografia, o aluno aprenderá sobre o uso de máquinas, lentes, filmes e conhecerá as técnicas de revelação, ampliação e tratamento de imagens analógicas e digitais. Dessa forma, decidirá se seu trabalho terá cunho jornalístico, documental ou comercial.

Formação e mercado de trabalho

No curso Tecnológico de Fotografia da Unit na modalidade EAD, os alunos irão entender a história fotográfica, narrativas visuais, diferentes linguagens voltadas às diferentes plataformas de comunicação. E em um mercado tão disputado, ser formado no curso de Fotografia faz total diferença ao poder comprovar profissionalismo e competência. “O curso está dividido em quatro períodos de forma híbrida, isso significa que haverá aula a distância e em momentos pontuais encontros presenciais”, explica Alan.

Ao se formar em Fotografia a distância, o aluno também terá a opção de ter seu próprio estúdio, onde poderá fotografar produtos e modelos para reportagens, anúncios em outdoor, publicação em revistas, jornais e sites na internet, ou atuar em outras áreas, que por sinal, são muitas, confira algumas delas:

Fotografia de moda: aqui, o profissional será responsável por realizar a produção e fotografar peças de roupas, acessórios e produtos de beleza para lojas e campanhas publicitárias. A fotografia de moda é uma excelente área para quem tem um bom senso estético.

Fotografia gastronômica: se o aluno gosta muito de culinária além da fotografia, uma dica é unir as duas paixões e se dedicar a fotografar pratos, transformando-os em convites visuais para possíveis clientes dos estabelecimentos.

Fotografia de Família e Newborn: um segmento que está em alta hoje é a fotografia de casais, famílias e crianças recém-nascidas. Pode ser uma ótima opção para aqueles que gostam de atuar de forma autônoma, administrando sua própria agenda e desenvolvendo o relacionamento com os clientes.

Fotografia de viagem: alguns blogueiros de viagem começaram a investir na contratação de um profissional para acompanhá-los nas jornadas, quando reconheceram o impacto de uma boa fotografia. É possível também trabalhar fotografando por conta própria vendendo as imagens online para plataformas como a Adobe Stock e o Shutterstock.

Além das inúmeras possibilidades oferecida pela graduação, o professor tutor ainda destaca mais 10 motivos para quem ainda tem dúvida em cursar Fotografia, sendo elas:

  1. Credibilidade da Unit;
  2. Material didático gratuito;
  3. Mercado de trabalho promissor;
  4. Ambiente virtual de aprendizado moderno e intuitivo;
  5. Aulas gravadas que você pode ver e rever;
  6. Professor virtual disponível para tirar suas dúvidas;
  7. Interação com colegas via fórum;
  8. Graduação rápida (2 anos);
  9. Grade curricular alinhada ao mercado de trabalho;
  10. Profissionais com nível superior são mais valorizados.

Leia também: Evento online debate importância da acessibilidade na educação

Compartilhe: