V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Entenda como funciona a semipresencialidade nos polos

Consultora educacional do polo de educação a distância em Paulo Afonso/ BA explica a funcionalidade e a importância que ele tem para os alunos

às 14h26
Polo EAD em Jaboatão do Guararapes (PE)
Polo EAD em Jaboatão do Guararapes (PE)
Polo EAD em Petrolina (PE)
Polo EAD em Paulo Afonso (BA)
Polo EAD em Paulo Afonso (BA)
Compartilhe:

Uma das maiores dúvidas a respeito de como funciona o curso semipresencial diz respeito à obrigatoriedade de frequentar as aulas. Isso porque muita gente confunde muito a modalidade semipresencial com a totalmente online. Ambas fazem parte da Educação a Distância (EAD), mas têm características diferentes. 

Nas aulas dos cursos semipresenciais a presença é obrigatória pelo menos algumas vezes na semana, não precisa frequentar a universidade todos os dias, mas tem que estudar em casa todo o material disponível na plataforma de ensino a distância do aluno. Nos cursos 100% online o aluno estuda o tempo inteiro de casa e só vai ao polo para realizar provas.

A consultora de negócios educacionais do polo EAD da Universidade Tiradentes (Unit) em Paulo Afonso/ BA, Missileide Santos, explica as vantagens deste modelo de ensino e ressalta a importância que o polo de apoio presencial possui. “As vantagens são diversas, o aluno tem flexibilidade de horário, custo-benefício, tem a possibilidade de desenvolvimento de habilidades tecnológicas e os encontros presenciais que possibilitam a interação com os colegas”, destacou a consultora.

Mas como funcionam as aulas semipresenciais nos polos?

  • As aulas presenciais são de diversas formas: Dependendo das especificações de cada curso, os encontros presenciais, podem ser: espaços de fixação de conteúdos, contando com o auxílio dos professores tutores focados para abordar assuntos e necessidades de disciplinas específicas; usado para aulas de laboratório; imersão e práticas de conteúdo e resolução de casos; visitas técnicas a áreas relacionadas ao seu curso; utilizadas para a apresentação de trabalhos; atribuição de avaliações de disciplinas.
  • O curso semipresencial proporciona excelente aprendizado: A modalidade de ensino semipresencial traz praticidade e flexibilidade de horários ao aluno, mantendo aulas presenciais periodicamente, permitindo que seus alunos consigam um acompanhamento humanizado e qualificado em seu processo de aprendizagem.
  • O aluno conta com toda a estrutura física :Sem dúvida, um dos maiores mitos sobre os cursos de modalidade semipresencial e EAD, é o de que os alunos só vão para o polo de apoio presencial para realizar avaliações, ou então tratar sobre assuntos burocráticos. Os espaços físicos das instituições, contam com uma infraestrutura capaz de atender diversas necessidades de seus alunos, como: salas de estudos; laboratórios de informática; salas multidisciplinares; biblioteca; auditório.
  • A quantidade de aulas presenciais varia em cada curso: Não existe uma regra quando se fala sobre a quantidade de aulas que o curso semipresencial exige dos alunos. Os encontros podem variar dependendo de alguns fatores, tais como: o conteúdo específico de cada curso superior; o progresso das matérias e, portanto, do aluno, na grade curricular; estudos de caso; resolução de problemas; práticas que favoreçam a dinâmica em coletivo.

Polo EAD da Universidade Tiradentes

Os polos da Unit EAD funcionam como uma extensão do ambiente de aprendizagem: Lá, os alunos encontram espaços primordiais de auxílio para sua formação acadêmica, como bibliotecas, laboratórios, computadores à disposição e salas de aula para os encontros presenciais e realização de provas. “A Universidade Tiradentes tem um grande potencial para suprir todas as necessidades da estrutura de ensino”, ressalta a consultora.

Preocupada em sempre oferecer um ensino de qualidade e acessível para os estudantes, a instituição atualmente conta com 28 polos presentes em seis estados brasileiros: Sergipe, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte e recentemente também em São Paulo, dando a oportunidade de alunos cursarem uma graduação com a qualidade de ensino. “É fundamental o papel dos polos no ensino a distância, uma vez que, servem de apoio para os alunos, disponibilizando uma assistência prática do conteúdo”, finaliza Misseleide.

Leia também: Macetes que vão ajudar o aluno EAD do início ao fim

Compartilhe: