V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Erros que impedem o aluno de ter sucesso no EAD

É importante ter uma boa noção do que é necessário para obter sucesso e alguns erros podem ser evitados, confira alguns deles

às 13h55
Foto: Freepik
Foto: Freepik
Compartilhe:

A Educação a Distância (EAD) possibilita que milhões de brasileiros consigam ampliar sua área de atuação e melhorar seu desempenho na vida profissional. Porém, ao contrário do que muitos pensam, para realizar um curso na modalidade é preciso muita disciplina e comprometimento. 

O problema é que, às vezes, a facilidade de acesso ao ensino também pode se tornar seu principal obstáculo, já que os estudos são responsabilidades inteiramente do aluno. Ou seja, é importante ter uma boa noção do que é necessário para obter esse êxito nos estudos. Para ajudar a enfrentar os principais desafios e aproveitar ao máximo o curso, a consultora educacional do polo EAD da Universidade Tiradentes (Unit) em Garanhuns/ PE, Alessandra Monteiro, conta o que o aluno precisa fazer para não comprometer os estudos.

“Por ser um curso a distância, muitos alunos não têm comprometimento para estudar, então é necessário que ele faça um cronograma para que possam se dedicar o suficiente. Além de assistir todo o material, também é preciso participar dos fóruns para que ele não seja prejudicado na hora da prova, que muitas vezes só é dada a importância minutos antes de ser realizada”, explica a consultora.

Alessandra ainda ressalta pontos que não podem ser deixados de lado de maneira alguma. “Montar um horário de estudo, aproveitar ao máximo as videoaulas, podcasts, fóruns, exercícios, artigos e livros, que são materiais muito ricos para o aluno que também precisa ter organização e disciplina para absorver todo o conteúdo”, completa.

Além dos erros citados pela consultora educacional, outros fatores que também podem prejudicar o aluno são: 

Ausência de planejamento

Dedicação e comprometimento são essenciais para quem realiza os estudos a distância e também são as características mais procuradas pelas empresas na hora de contratar. Por isso, é importante aproveitar a oportunidade e trabalhar esse aspecto enquanto estuda. 

Procrastinar por muito tempo

A procrastinação ocorre porque é comum acreditar que se tem muito tempo para acompanhar o curso e que, com a possibilidade de fazer tudo em casa ou no trabalho, acabam sendo “deixados para depois”. Em realidade, é necessário que o aluno conheça bem suas limitações e pontos fortes e que, a partir disso, faça um plano efetivo e o siga corretamente.

Pular etapas de estudo

Com o poder de passar direto pelas aulas e somente assistir o que interessa, muitos alunos acabam ignorando um importante passo educacional: a evolução do conteúdo mostrado. O professor cria as aulas em uma ordem específica, seja ela lógica ou cronológica, para chegar a uma conclusão. Toda vez que o usuário ignora uma etapa e avança para a próxima sem o conhecimento necessário, terá uma queda no rendimento.

Não ser apto a aspectos tecnológicos

É importante saber que determinados cursos contam com softwares específicos, que devem ser instalados no computador, e o sistema operacional precisa ser compatível com os requisitos necessários para a instalação de tais programas. Por isso, é imprescindível que o aluno verifique essas informações com antecedência. Caso o aluno ignore esse aspecto, pode acabar apenas perdendo tempo e dinheiro.

Leia também: Mapa mental para alunos do EAD: qual a importância e como criar um

Compartilhe: