V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Ferramentas síncronas e assíncronas: como são aplicadas no EAD

São inúmeras as vantagens dessas ferramentas, uma vez que elas permitem conversas, debates, resolução de dúvidas e reflexão crítica de cada assunto

às 21h35
Compartilhe:

A adesão da Educação a Distância (EAD) vem crescendo em taxas exorbitantes e inserindo novas concepções no cenário educacional. Uma dessas concepções são as ferramentas síncronas e assíncronas, cujo termo ganhou popularidade no próprio EAD, para diferenciar as atividades de acordo com seu tempo de realização. 

Mas o que são ferramentas síncronas e assíncronas?  As ferramentas síncronas são aquelas que permitem interação em tempo real entre professor e alunos, no mesmo ambiente. A palavra “síncrona” faz referência a eventos que ocorrem simultaneamente, como por exemplo, aulas ao vivo que ocorrem por videoconferências, e também os chats virtuais.

Já as ferramentas assíncronas são o contrário das síncronas. Os alunos realizam as atividades de ensino no seu próprio tempo. Como a leitura de textos, discussão em fóruns ou o estudo de uma aula ou vídeo gravados. Essas ferramentas fazem parte de um conceito chamado quadrantes híbridos, que segundo a gerente acadêmica da Universidade Tiradentes (Unit) do EAD, Karen Sasaki, para estabelecer um bom modelo de ensino a distância, é necessário estar por dentro das especificidades desses quadrantes.

“Quando a gente fala num modelo de EAD, a gente tem que pensar em todos os quadrantes. Por exemplo, num curso híbrido da Unit, a gente tem o presencial síncrono durante uma aula prática, pois o professor faz uma demonstração com o aluno, seja em laboratório, seja em sala de aula presencial. Já o presencial assíncrono, acontece em uma das etapas das atividades extensionistas ou de estágio supervisionado, por exemplo. É presencial para o aluno, é presencial para o professor, só que em dias e horários diferentes. No síncrono, não: é aluno e professor juntos no mesmo dia e horário”, destacou a gerente. 

Aplicando as ferramentas no EAD

Webinários: São seminários realizados no meio virtual. A principal vantagem é a possibilidade de convidar especialistas de qualquer região do mundo para participar. A presença dos palestrantes contribui para fornecer aos alunos outros pontos de vista sobre cada disciplina, provenientes de experts em seus campos de atuação. 

Chats virtuais: Por meio dos chats, professor e alunos trocam mensagens em tempo real em salas virtuais de bate-papo. A comunicação é realizada apenas por texto. Trata-se de um espaço ideal para tirar dúvidas mais simples e diretas, que não demandem uma explicação muito elaborada. Além de avaliar o engajamento dos estudantes, a fim de obter uma noção sobre os temas mais polêmicos ou de difícil compreensão sobre a matéria.

Avaliações síncronas: Elas também podem ser realizadas de maneira síncrona. A forma clássica de fazê-lo é por meio de provas presenciais, mas é perfeitamente possível aplicá-las no ambiente virtual. Exemplos disso são as provas orais, realizadas por videoconferência, ou a resolução de questões abertas ou objetivas via AVA. 

Fóruns de discussão: São espaços de comunicação escrita similares aos chats, mas de forma não simultânea. Normalmente, o professor seleciona algum tema da matéria para discussão e abre um prazo de início e término do fórum. Pode ser algum texto, alguma notícia relevante sobre o assunto ou a discussão de um caso.

Troca de e-mails: Essa é a ferramenta assíncrona ideal para realizar um contato direto e particular entre aluno e professor. É um dos mais populares e seguros recursos de comunicação virtual desde a popularização da internet. É um espaço mais formal que deve ser preferido em relação à troca de mensagens por redes sociais. Isso porque a troca de mensagens por e-mail fica registrada, além de se evitar confusão entre espaços privados e profissionais.

Avaliações assíncronas: As avaliações assíncronas são ideais no ensino a distância, para evitar percalços como problemas de conectividade na hora da prova. Mas na verdade, elas são bastante comuns também no ensino presencial, respondendo pelo nome mais comum de “trabalhos”.

São inúmeras as opções de ferramentas disponíveis. Na Universidade Tiradentes é possível encontrar todas elas além de meios de multimídia que incrementam o aprendizado do aluno de acordo com cada perfil. “Dentro do nosso projeto EAD, levamos em consideração os quadrantes de acordo com a natureza da disciplina, com o objetivo de aprendizagem para o desenvolvimento das competências e de acordo com o perfil do curso”, finaliza a gerente.

Leia também: Saúde mental é tema de evento no polo da Unit EAD em Alagoinhas (BA)

Compartilhe: