V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Práticas de Pesquisa no Direito motiva acadêmicos


às 23h36
A maconha como tema de estudo e desconstrução do preconceito
A maconha como tema de estudo e desconstrução do preconceito
Compartilhe:

Durante todo o dia de hoje e até a quinta-feira, alunos 2º período do curso de Direito do Campus Farolândia da disciplina Práticas de Pesquisa participam da atividade denominada Práticas de Pesquisa de Direito. A ação acadêmica motiva a que os futuros juristas possam apresentar através de painéis pesquisas temáticas por eles desenvolvidas ao longo do período letivo.

“A interação e a diversidade de temas transformam a iniciativa num importante momento de discussão, aprendizado e estreitamento de laços de amizade”, comenta Álvaro de Andrade Melo. Ele se reuniu a dois outros colegas para aprofundar uma pesquisa sobre os benefícios que a Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha. Intitulada A legalização da maconha e os seus pontos positivos para a sociedade o fruto da pesquisa aproximou os alunos e permitiu que estes pudessem esclarecer aos demais colegas sobre os aspectos positivos de uma planta cuja utilização ainda é ilegal no Brasil.  “Se olharmos mais profundamente sobre o tema, percebemos que sua utilização na área da saúde tem surpreendido pelos benefícios que proporciona”, salienta Álvaro.

Luan Vinícius da Silva Bastos optou por estudar o mesmo tema porque considera importante a quebra de tabus.  “A busca de conhecimentos deve ser contínua e o tema nos motivou a mostrar que o preconceito sobre a maconha ainda é bastante grande. Estamos aqui para desconstruir esse preconceito”, explica o acadêmico.

Pedro Rafael de Castro Resende, o terceiro aluno da equipe que escolheu estudar sobre a maconha lembra que além de aprofundar conhecimentos o trabalho de pesquisa também serviu para desinibir muitos colegas. “Tem muita gente que é tímida e que conseguiu interagir porque afinal de contas, estamos entre colegas”, conclui.

Compartilhe: