V E S T I B U L A R UNIT
MENU

15ª Sempesq é encerrada com entrega do 2º Prêmio Jovem Pesquisador


às 18h04
Compartilhe:

 

Professora Andréa Versuti colhe os melhores  resultados ao coordenar a Sempresq

Professora Andréa Versuti colhe os melhores resultados ao coordenar a Sempresq

O aluno que faz iniciação científica é, certamente, o mais preparado para o mercado porque desenvolve muitas outras habilidades para além do aprendizado de sala de aula.

Ao dar por encerrada a 15ª Semana de Pesquisa da Unit, no início da noite dessa quinta-feira, durante a solenidade de entrega do 2º Prêmio Jovem Pesquisador, que reuniu centenas de estudantes no Auditório Padre Melo do Campus Aracaju Farolânida, a coordenadora do evento, professora Andréa Versuti não escondeu a satisfação em constatar que os resultados propostos foram, mais uma vez, alcançados.

Durante quatro dias consecutivos, cerca de cinco mil acadêmicos participaram de 200 minicursos, 12 mesas-redondas, 35 palestras e apresentado 700 trabalhos, número esse superior a última versão da Sempesq.

Tanize Feijão Monteiro conquistou o primeiro lugar com o seu trabalho de pesquisa

Tanize Feijão Monteiro conquistou o primeiro lugar com o seu trabalho de pesquisa

Sobre a entrega do Prêmio Jovem Pesquisador, a professora Andréa afirma que  ele representa o coroamento dos esforços e das perspectivas de crescimento da pesquisa  científica na Universidade Tiradentes. “É também o momento de reconhecermos publicamente todos os trabalhos que são realizados pelos nossos alunos, sob orientação dos nossos pesquisadores incentivando assim cada vez mais outros alunos a participar dessa atividade”, lembra a coordenadora.  Ela acrescenta que o aluno que age como co-partícipe do processo de pesquisa demonstra estar além do modelo tradicional de aprendizagem e consequentemente adquire mais conhecimento.

Para a professora Raylane Andreza Dias Navarro Barreto, responsável por orientar dois projetos a premiação, tem como princípio coroar o esforço do aluno que se dedica durante todo o ano à pesquisa. “É um estímulo para outros estudantes que vêm nos contemplados um exemplo. O aluno que não participa perde a oportunidade de ver o seu trabalho reconhecido”, afirma.

Na área de Ciências Humanas e Sociais aplicadas, Luziane dos Santos  conquistou o segundo lugar com o seu trabalho de pesquisa intitulado: Os modos de educar de Olda do Parado Dantas: entre mudanças educacionais e resistências. Para a concludente do curso de Serviço Social, a premiação representa um momento muito importante em sua carreira acadêmica não só pelo fato de ter a pesquisa reconhecida, mas por adquirir a oportunidade de publicá-la como capítulo de livro subsidiando assim a continuidade dos seus estudos desta feito no âmbito da pós-graduação stricto sensu.

O público reconheceu a premiação como um importante estímulo para novos pesquisadores

O público reconheceu a premiação como um importante estímulo para novos pesquisadores

Para participar de um projeto de pesquisa, basta que os alunos interessados cumpram o que determinam os editais do Probic, Pibic ou Provic (Programa de Voluntários) lançados todos os semestres pela Diretoria de Pesquisa e Extensão. O número de bolsas é limitado, porém, o aluno interessado encontra no professor sempre uma porta aberta para o desenvolvimento do seu trabalho.

 

 

Veja quais foram os primeiros classificados em cada uma das áreas:

 

Ciências Humanas e Sociais aplicadas:

 

1º lugar – “Rosaura, a enjeitada: releitura pelo método indiciário na pesquisa em História da Educação”, de Tanize Feijão Monteiro, sob orientação da professora Ilka Miglio de Mesquita – prêmio: Tablet 7” Wifi 16GB P3110 CNZ Samsung;

2º lugar – “Os modos de educar de Olda do Parado Dantas: entre mudanças educacionais e resistências”, de Luzianne dos Santos, orientação de Raylane Andreza Dias Navarro Barreto – prêmio HD externo 500GB PT Uns 3.0 Sony;

3º lugar – “Proteção de dados pessoais ou autodeterminação informativa no Brasil”, de Jeffson Menezes de Souza, com orientação de Marco Aurélio Rodrigues da Cunha e Cruz. Prêmio: Pen Drive 32GB PD5890 Multilaser;

 

Ciências Exatas e da Terra:

1º lugar – “Desenvolvimento de catalisadores para Oxidação de glicerol”, de Alexsandro da Silva Cândido, sob orientação de Giancarlo Richard Salazar Banda. Prêmio: Tablet 7” Wifi 16GB P3110 CNZ Samsung;

2º lugar – “SEAV – Sistema Emergencial para Acidentes Veiculares”, de Ângelo Garangau Menezes, sob orientação do professor Cláudio de Oliveira – prêmio HD externo 500GB PT Uns 3.0 Sony;

 

Ciências Biológicas e da Saúde:

1º lugar – “Utilização de proteína recombinante como antígeno através do elisa indireto para teste diagnóstico de linfadenite caseosa”, da aluna Katharina  Kelly de Oliveira Gama Silva, orientada pela professora Isabel Bezerra Lima Verde – Prêmio: Tablet 7” Wifi 16GB P3110 CNZ Samsung;

2º lugar – “Avaliação do efeito do óleo essencial da Alpinia zerumbet Zingiberaceae no processo  cicatricial após tenotomia no tendão do calcâneo em ratos”, de Daniela Souza de Santana, sob orientação da professora Edna Aragão Farias Cândido  – Prêmio: HD externo 500GB PT Uns 3.0 Sony.

Fotos – Marcelo Freitas

 

Compartilhe: