V E S T I B U L A R UNIT
MENU

20ª Semana do Assistente Social e 14º Encontro de Egressos na Unit

O Assistente Social foi foco durante evento que reuniu profissionais e egressos da Unit para falar da área de atuação diante da pandemia e outros temas.

às 14h07
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
0ª Semana do Assistente Social e 14º Encontro de Egressos na Unit aconteceu via Google Meet
Compartilhe:

Por Raquel Passos

Estudantes, professores, sociedade civil, conselheiros e profissionais da área do Serviço Social discutiram o tema “Há mais de 500 anos, sempre na linha de frente”, durante a 20ª Semana do Assistente Social e 14º Encontro de Egressos da Universidade Tiradentes em mesas redondas e palestras, de 24 a 28 de maio.

O evento teve o objetivo de reafirmar o projeto ético-político profissional na defesa dos povos originários e tradicionais, reforçando a inserção da categoria na luta e resistência junto às comunidades indígenas, quilombolas, ciganas e outras.

A professora doutora da UFS, Vera Núbia Santos, tratou do tema central do encontro durante a abertura. Em sua fala, trouxe dados da Organização Mundial da Saúde em relação à pandemia da Covid-19 nas últimas 24 horas. “São dados que mostram que algo de errado acontece nesse país em relação à pandemia. A gente precisa, cada vez mais, entender sobre que momento é esse e de que forma impacta na formação do profissional do Serviço Social e como reproduz a invisibilidade de grupos étnicos e que tem se organizado com maior visibilidade na atualidade”, completou a doutora Vera Núbia.

Esta primeira mesa redonda foi dividida com o convidado professor doutor Rony Rei do Nascimento Silva, que trouxe informações sobre gênero e direitos humanos, por meio de experiências do Laboratório de Investigações de San Luis Potosí (México).

Dentre os assuntos abordados durante o evento, esteve a Política de Assistência Social e a Covid-19. A presidente do Conselho Regional de Serviço Social 18ª Região (CRESS Sergipe), Dora Rosa Horlacher, fez uma breve análise sobre a conjuntura nacional, reforçando a necessidade de fortalecimento das instituições. “É importante que essas instituições se unam para combater as desigualdades sociais”, afirmou a presidente, destacando os aspectos da política de assistência no Brasil e em Sergipe.

Dora Rosa destacou, ainda, a formação do Comitê Sergipano pela Implementação da  Lei 13.935/2019 para inserção de assistentes sociais e psicólogos na rede de educação básica.

A vice-governadora do Estado de Sergipe, Eliane Aquino, também foi uma das convidadas do e fez questão de publicar suas impressões no seu Instagram: “Foi um tempo muito proveitoso, onde reiteramos a importância dos assistentes sociais para a sociedade e os desafios que a área enfrenta para garantir os direitos dos usuários dos serviços socioassistenciais. Em nome do professor Rony, agradeço pelo convite e pela rica experiência de encontrar velhos companheiros de luta e conhecer os profissionais da Assistência Social que, em breve, entrarão no mercado de trabalho se deparando com uma realidade social cada vez mais difícil em nosso país.”

O momento foi realizado via Google Meet.

Com informações da organização do evento

 

Leia mais:

Compartilhe: