V E S T I B U L A R UNIT
MENU

A saúde em primeiro lugar

Seminário de saúde apresenta estratégias com foco no trabalho harmônico para o benefício do paciente e mobiliza estudantes da área da saúde.

às 18h10
Profissionais e estudantes discutem a melhoria do atendimento
Profissionais e estudantes discutem a melhoria do atendimento
Registro da abertura oficial
Compartilhe:

O 1º Seminário Integrado ApiceOn/Qualineo de Sergipe realizado na noite da sexta-feira, 31, no auditório do Bloco G do Campus Farolândia teve como propósito divulgar duas ações de estratégia integradas, iniciativas do Ministério da Saúde.

“A estratégia ApiceOn é de inovação na atenção materno-infantil e está diretamente relacionada ao ensino e à pesquisa. Por sua vez, a estratégia Qualineo é de atenção aos recém-nascidos de alto risco nas UTIs neonatais e objetiva a redução da mortalidade”, explica a professora Deborah Cristina Fontes Leite. Segundo a professora Deborah, a combinação das duas estratégias visa ao mesmo objetivo e carece de ampla divulgação a partir da academia.

Na academia o seminário teve como foco a promoção da interdisciplinaridade e o estímulo à participação dos acadêmicos de todos os cursos da área da Saúde.

“O paciente precisa do cuidado do enfermeiro, da atenção do médico e isso só ocorre se os profissionais trabalham de forma integrada”, explica a professora Débora.

Na opinião da coordenadora do curso, professora Pureza Ramos de Santa Rosa, o seminário tem importância ímpar para a academia uma vez que a IES trabalha com a pós-graduação em Enfermagem Obstétrica. “Essa é uma parceria extremamente importante para a formação dos nossos alunos por se tratar de uma iniciativa voltada especificamente para a área de Obstetrícia”, afirma a docente.

“Esse é um momento ímpar, porque fortalece a integração entre as instituições de ensino e da saúde com o propósito de promover uma melhor saúde para a gestante e do recém-nascido, motivo de preocupação do Ministério da Saúde”, opina a diretora geral da Universidade Federal de Sergipe, Campus Lagarto, Adriana Andrade Carvalho.

Compartilhe: