V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Acadêmico do curso de Administração da Unit é premiado no EIA 2018

Matheus Power integrou equipe vice-campeã e teve trabalho reconhecido entre os dez melhores grupos do European Innovation Academy

às 14h59
Compartilhe:

Dos picadeiros ao palco da European Innovation Academy. Matheus Power, acadêmico do curso de Administração da Universidade Tiradentes, conquistou a segunda colocação do EIA 2018 e teve seu trabalho reconhecido entre os dez melhores grupos da competição. O EIA é considerado como maior programa universitário em educação de empreendedorismo tecnológico da Europa.

A equipe integrada por mais quatro estudantes de diferentes instituições do mundo – Fei Han (Gengdan Institute of Beijing University of Technology), Gabriela Sá (Instituto Politécnico do Cávado e do Ave), Karla Muñoz (Universidad del Desarrollo), Kellen Leskinen (Aalto University) – foi premiada em Portugal por desenvolver um aplicativo que conecta mulheres que precisam de profissionais de beleza confiáveis e disponíveis. Com isso, podem procurar um profissional, verificar portfólio, avaliações, calendário, livro e realizar pagamento por meio da página.

“Eles sabem que eu sou brasileiro e da Universidade Tiradentes. Estava ali representado o Brasil, Sergipe e a Unit. Não foi uma conquista só minha e sim das das pessoas que me ajudaram a chegar até aqui. Uma conquista que atribuo aos professores que foram alicerce para meu aprendizado e todos que me ajudaram e que estiveram comigo junto neste sonho”, declara Matheus.

O programa teve a duração de três semanas, no qual estudantes de todo o mundo construíram uma empresa do zero. Foram mais de 70 equipes e 350 participantes.

 

Premiação

Nascido e criado no circo, o talento do acadêmico foi evidenciado um dia antes da premiação. Na hora de comemorar, Matheus mostrou mais uma vez as raízes circenses.

“Foi um momento único. Quando fiquei sabendo que estava entre os dez selecionados, já tinha ficado muito feliz. Cheguei na hora da premiação. Como já tinha feito um malabarismo no dia anterior, não pensei duas vezes na hora da comemoração. A emoção já tinha tomado conta da gente naquele momento.”, comenta o acadêmico.

Matheus Power está em Portugal há quase um ano estudando disciplinas na Universidade de Évora, por meio do Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional – ProMAI. No mesmo dia da premiação, Matheus seguiu para a Turquia para participar de um projeto que explora o ecossistema local. Durante realização também foram feitas atividades práticas para combater a poluição e, assim, discutir caminhos sustentáveis.

Compartilhe: