V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Acadêmicos de Educação Física desenvolvem projeto extensionista

A ação extensionista desenvolvida pelos acadêmicos da Unit fomentou nos jovens participantes o desejo pela prática desportiva

às 21h50
Competições
Competições
Jogos participativos
Atividades recreativas
Compartilhe:

Cerca de 90 acadêmicos de licenciatura e bacharelado de Educação Física que fazem a disciplina Estágio Supervisionado participaram no sábado, 19, de um dia de intensas atividades esportivas e recreativas. O evento que contou com a participação efetiva de seis professores preceptores do curso foi alusivo ao dia das crianças e na ocasião foram desenvolvidas várias atividades de lazer e de recreação.

Realizada em parceria com o Governo do Estado ocorreu no Estádio Lourival Baptista – Batistão, a atividade atendeu a 200 crianças devidamente matriculadas nas duas escolas de esportes mantidas pela Secretaria da Educação, localizadas nos Bairros Santa Maria e Santos Dumont.

“A proposta é promover uma experiência pedagógica que contribua com o ensino superior no que se refere às suas práticas e também seus efeitos na formação e proporcionar um dia de lazer para o público mirim”, explica o coordenador do projeto, professor Marcelo de Aquino.

A ação representa uma oportunidade ímpar para que os jovens universitários efetivem suas práticas acadêmicas, ao mesmo tempo em que atende ao público jovem, promovendo-lhes o estímulo ao esporte.

Na opinião do professor Marcelo de Aquino, a efetividade de projetos voltados para que o aluno coloque em prática o seu aprendizado são indispensáveis para o entendimento da relação teórico-prática vivenciada cotidianamente por quem já está inserido no mercado de trabalho.

“Esse projeto não finda nessa ação porque estamos estabelecendo uma parceria muito importante com a Superintendência de Esportes vinculada à Secretaria Estadual de Educação”, afirma o professor Marcelo determinado a promover outras atividades similares que fomentem o lazer e a prática do esporte nas crianças.

O docente acredita na possibilidade de ser implementado no próximo semestre um campo de estágio curricular obrigatório dentro dessas escolas que vivenciam os diversos tipos de escolas.

Fotos – Jônatas Brito

Compartilhe: