V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Ações sociais lapidam habilidades de estudantes Unit

Atividades extensionistas e trabalhos voluntários ajudam Rachel Choucair a aprimorar conhecimento para atuação profissional

às 17h53
Rachel:
Rachel: "A importância dessas ações é que compartilhamos experiências"
Oficina realizada com crianças durante ações do Rondon no Maranhão
Compartilhe:
Rachel: "A importância dessas ações é que compartilhamos experiências"

Rachel: “A importância dessas ações é que compartilhamos experiências”

Projetos sociais, cursos de extensão e trabalhos voluntários são algumas das formas do acadêmico aperfeiçoar o conhecimento e colocar, na prática, as teorias aprendidas em sala de aula. Para isso, milhares de alunos das áreas da Saúde, Humanas, Exatas e Tecnológicas da Universidade Tiradentes participam ao longo de toda a graduação de atividades de extensão com foco no atendimento a comunidade.

Dentro deste universo, a acadêmica do 7º período de Medicina, Rachel Choucair, ganha destaque. A aluna aproveita cada semestre para se envolver em novos projetos e potencializar o conhecimento na área da Saúde. Este ano, Rachel integra a Liga Acadêmica de Medicina Interna da universidade. O trabalho desenvolvido por ela na Liga tem foco no atendimento em Unidade de Terapia Intensiva – UTI – no Hospital de Urgência de Sergipe – Huse.

“Nossa principal atividade no hospital é dar plantões na UTI. Lá, também temos aulas e capacitações promovidas pela própria Liga. É um trabalho totalmente voluntário e aprendemos muito com médicos, enfermeiros e pacientes”, acrescenta.

Outra oportunidade que a estudante soube aproveitar muito bem foi a participação no Rondon, em janeiro deste ano. O projeto de integração social é coordenado pelo Ministério da Defesa em parceria com outros ministérios, conta com apoio das Forças Armadas e envolve universitários do Brasil. Rachel Choucair confessa que desde o início do curso se sentiu motivada a integrar a ação. “Desde que iniciei no curso de Medicina, soube do projeto Rondon e despertei o interesse em participar. Foi uma experiência inesquecível. Fui com uma expectativa muito grande e tudo superou. A população e os órgãos da cidade acolheram a equipe do Rondon muito bem. A troca de afeto com as pessoas foi muito grande”, afirma.

Oficina realizada com crianças durante ações do Rondon no Maranhão

Oficina realizada com crianças durante ações do Rondon no Maranhão (Foto: arquivo pessoal)

Durante duas semanas, a estudante e a delegação da Unit formada por alunos dos cursos de Direito, Enfermagem, Medicina, Pedagogia, Educação Física e Biologia, além de duas professoras da instituição, desenvolveram atividades lúdicas e multidisciplinares na cidade de Peritoró e comunidades ribeirinhas, no Maranhão.  “Foram 15 dias muito intensos. Levamos capacitações de manhã, tarde e noite para agentes de saúde, enfermeiros e médicos cubanos que estão na cidade. Foi muito legal”, conta a estudante.

Para Choucair a oportunidade de participar de atividades extensionistas e projetos sociais proporcionam crescimento pessoal e profissional. “A importância dessas ações é que compartilhamos experiências. É um crescimento mútuo, pois aprendemos muitas coisas e também levamos conhecimento”, conclui.

Foto: Marcelo Freitas

Compartilhe: