V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Alta performance do corpo docente é diferencial do Ensino Híbrido

Professora Karen Sasaki, gerente acadêmica do EaD da Unit, explica o impacto da inovação docente na modalidade de ensino

às 16h49
Gerente acadêmica do EaD da Unit, Karen Sasaki
Gerente acadêmica do EaD da Unit, Karen Sasaki
Compartilhe:

Possuindo uma formação acadêmica de excelência, os professores da Universidade Tiradentes são um dos pilares fundamentais para a formação de um ensino híbrido de qualidade. A professora Karen Sasaki, gerente acadêmica do Ensino à Distância da Unit, explica que os docentes passam por uma qualificação contínua na área pedagógica visando sempre a alta performance do aluno. 

“O projeto pedagógico da instituição prevê que o professor tenha domínio tecnológico e tenha potencial para realização de metodologias ativas em sala de aula. Acreditamos no poder da aprendizagem ativa e na aplicação de metodologias compatíveis com esse propósito. Para o mundo digital, precisamos de um professor digital”, reitera Karen.

Com o ensino híbrido, a forma de aprender se apoia em múltiplas possibilidades, desde a colaboração entre pares até a autonomia para o estudo individual com o auxílio de plataformas de aprendizagem interativas e com o suporte de tutoria. Karen compreende que essa mudança do ensino tradicional exige uma adequação à forma de ensinar, estimulando o diálogo, a tolerância e o pensamento digital. 

“Não conseguimos desenvolver a competência da oratória se apenas o professor falar em sala de aula. Nós formamos profissionais para posições que ainda não existem e que serão ocupadas daqui alguns anos e nos esforçamos para formá-lo com hard e soft skills. Essa consciência exige sempre uma dose de inovação do professor buscando aproximar os alunos do mundo do trabalho, que, sem dúvida, será cada vez mais digital”, reflete.

O impacto da qualificação do corpo docente para os alunos vai além da sala de aula. “Nossos professores são orientados para causar impacto pedagógico significativo para o aluno. Isso permite que o aluno aprenda e que isso faça sentido na vida real e, por consequência, no mundo do trabalho. Os professores desenham um planejamento pedagógico organizado em trilhas de aprendizagem para que o aluno possa construir novos insights através de diferentes percursos e incorporar tecnologia educacional no processo de ensino contribui ainda mais”. 

Para os próximos anos, o Ensino Híbrido deverá crescer e se institucionalizar como modelo pedagógico do mundo contemporâneo. “O conceito de tempo e sua valorização foi ressignificado. Podemos priorizar os momentos síncronos presenciais para realização de projetos, construção de protótipos, aprofundamento de discussões sobre estudos de casos. O online e o momento presencial são integrados, e, utilizando as tecnologias com intencionalidade pedagógica e personalizando o ensino do aluno, dinamizamos e avançamos cada vez mais dentro dessa modalidade”.

Leia Mais:
Modelo Acadêmico Tiradentes é destaque no ensino híbrido
Oferta de cursos híbridos é atualizada na Unit

Compartilhe: