V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Alunos de Jornalismo ganham prêmio CBN

Reportagem de rádio para a Central Brasileira de Notícias valorizou questões culturais e curiosidades dos mercados de Aracaju

às 18h01
Compartilhe:
Lucas, Ingrid e Ana Paula produzem reportagem sobre os mercados de Aracaju

Lucas, Ingrid e Ana Paula produzem reportagem sobre os mercados de Aracaju e ganham Prêmio CBN de Jornalismo Universitário

Ingrid Colaço Melo, Ana Paula Aquino e Lucas Oliveira. Estes são os alunos do 7º período do curso de Jornalismo da Universidade Tiradentes que ganharam a quinta edição do Prêmio CBN de Jornalismo Universitário, organizado pela rede de rádio Central Brasileira de Notícias – CBN. Os estudantes produziram uma reportagem dentro do tema ‘Descobrindo minha cidade’, uma das duas temáticas sugeridas no edital, e ganharam destaque com a matéria focada nos mercados de Aracaju.

“A princípio, a reportagem era para a nossa prova de Radiojornalismo I. Um dos nossos colegas de turma viu o Prêmio CBN pela internet e sugeriu que participássemos do concurso. Achamos interessante e resolvemos mostrar na reportagem como é passar um dia nos nossos mercados. Enfatizar a questão da nossa cultura, pratos típicos e artesanato”, salienta Ingrid Colaço.

Sob orientação da professora de Radiojornalismo I e II do curso de Comunicação, Deise Dias, os estudantes produziram uma reportagem de dois minutos e quarenta e quatro segundos com depoimentos de pessoas que trabalham e frequentam diariamente o mercado Central.

“Nós entrevistamos vendedores de ervas medicinais, estivemos no restaurante do Zé Américo para saber sobre as comidas típicas, fomos em uma barbearia e numa loja que vende renda irlandesa”, conta Ingrid. “Pensamos em mostrar qual a rotina das pessoas que frequentam o lugar. Os aracajuanos vão mais aos mercados aos sábados de manhã para comprar verduras. E quem vai mais para a parte artesanal são os turistas ou pessoas que gostam de serestas”, observa Ana Paula.

Dentre os critérios de avaliação utilizados pela Central Brasileira de Notícias para selecionar as gravações, foram considerados três focos (tema, texto, edição) e avaliados pelos critérios jornalísticos e especificidades do veículo rádio. Segundo os estudantes, a humanização na matéria foi um dos diferenciais do trabalho. “Nosso mercado tem boas histórias para contar e é um berço da nossa cultura. As pessoas que ouvem a matéria dizem que conseguem se imaginar no mercado”, acrescenta Ana Paula.

Deise Dias: "Estamos em primeiro lugar, num prêmio nacional, na maior emissora de rádio do Brasil. Foi importante, principalmente, pelo reconhecimento"

Deise Dias: “Estamos em primeiro lugar, num prêmio nacional, na maior emissora de rádio do Brasil. Foi importante, principalmente, pelo reconhecimento”

O resultado oficial do Prêmio CBN de Jornalismo Universitário será divulgado no próximo dia 1º de outubro. Além dos alunos terem a reportagem veiculada na programação da rádio, os acadêmicos ganharão troféu; iPad; visita supervisionada para acompanhar o funcionamento da CBN em São Paulo, com as despesas de passagem e hospedagem pagas; e certificado de participação.

RECONHECIMENTO

Pela primeira vez, uma universidade do Nordeste recebe o prêmio da Central Brasileira de Notícias. Nas edições anteriores, o prêmio ficou com a Faculdade Casper Líbaro em São Paulo e com a Pontifícia Universidade Católica de Minas – PUC/MG. Segundo Deise Dias, a conquista atesta a qualidade dos alunos e profissionais que fazem o curso de comunicação.

“Às vezes, os estudantes – principalmente os do Nordeste – ficam receosos de participar de um prêmio nacional porque eles acham que não estão à altura das grandes universidades do Sul e Sudeste. E a conquista do prêmio comprova que temos uma produção muito boa. Estamos em primeiro lugar, num prêmio nacional, na maior emissora de rádio do Brasil. Foi importante, principalmente, pelo reconhecimento”, acredita a docente.

Outro fator importante com a conquista foi a motivação de outros estudantes do curso para participar do prêmio. “Além de estarmos divulgando mais a nossa cultura, criou um estímulo, uma expectativa entre os alunos para participar dos próximos concursos”, reforça Lucas Oliveira. Para ele, a produção dos roteiros e da reportagem foi um grande aprendizado. “Aprendemos muito durante este processo. Este reconhecimento é resultado da luta dos alunos, do trabalho desenvolvido pelos professores no dia a dia com os estudantes”, acredita Lucas Oliveira.

Fotos: Marcelo Freitas

Compartilhe: