V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Atuação do enfermeiro está intimamente ligada à prática social

A atuação do enfermeiro corresponde à maior força de trabalho na Saúde e remete aos tempos mais antigos no cuidado aos doentes

às 14h37
Professor de Enfermagem da Unit, Bruno de Andrade
Professor de Enfermagem da Unit, Bruno de Andrade
Compartilhe:

A etimologia da palavra enfermagem remete ao ato ou efeito de tratar dos enfermos. Enfermo é um vocábulo derivado do latim infirmus, que significa ‘doente, doentio, fraco, débil, achacoso, imperfeito’. Desde as comunidades primitivas até a atualidade, como uma das atividades mais antigas que se tem conhecimento, a figura do enfermeiro esteve conectado a uma pluralidade de conceitos e práticas de cuidado ao paciente. 

Segundo o enfermeiro e professor da Universidade Tiradentes (Unit), Bruno de Andrade Silva, a atuação deste profissional na sociedade está intimamente ligada à prática social. “O papel do enfermeiro está ligado ao cuidado, cuidado no sentido mais amplo do termo, enquanto prática científica fundamentada, enquanto complexidade da clínica, enquanto resolutividade de problemas ligados estritamente à saúde, ou não”, disse.

“Ser enfermeiro é ser responsável pelo cuidado, a partir das múltiplas dimensões do ser. É ter a capacidade de planejar uma assistência baseada em evidências e ter empatia na realização de suas ações”, acrescenta.

As áreas nas quais o enfermeiro pode atuar são inúmeras. Por isso, dentre os profissionais da Saúde, ele é considerado a maior força de trabalho. “Estamos presente em 100% dos serviços de saúde. Atuamos desde as consultas na atenção primária, atividades de educação em saúde, gestão de secretarias municipais de saúde, gestão de hospitais, assistência à população de rua, assistência em UTI´s, centro cirúrgico, captação de órgãos para doação, dentre outras”, destaca o professor.

Os enfermeiros são responsáveis pela assistência ao paciente, gestão de equipes e serviços, monitoramento dos indicadores de qualidade da saúde e atua na promoção, prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação da saúde ao indivíduo, família e comunidade.

Para exercer esse papel, são requeridas algumas competências. “Podemos citar o comprometimento com a saúde, capacidade de tomar decisões, boa comunicação, organização, saber trabalhar em equipe, lidar bem com emoções e saber liderar”, elenca.

Enfermagem

A graduação em Enfermagem da Unit proporciona o desenvolvimento de competências e habilidades para seus alunos, formando profissionais que apresentam diferencial técnico científico para atuar no mercado de trabalho.

“O curso dispõe da melhor estrutura de laboratórios do estado, além disso o corpo docente é extremamente preparado e preocupado com a formação. Nossos professores em sua maioria são mestres e doutores, todos com experiência de prática profissional, muitos ainda na linha de frente”, afirma Bruno.

Desde o quarto período (2º ano), o estudante realiza estágios práticos em diversos locais de assistência à saúde, como hospitais, Unidades Básicas de Saúde (UBS), centros de referência, entre outros, oportunizando o aprimoramento do conhecimento prático clínico-assistencial e gerencial. “Aliado a tudo isso, o curso possui foco na ligação teoria-prática, oportunizando ao discente, aplicar os conhecimentos teóricos no embasamento da prática. Ser egresso da UNIT, é um grande diferencial no enfrentamento do mercado de trabalho”, conclui.

 

Leia mais:

Enfermagem realiza aula inaugural e aproxima calouros da academia

Compartilhe: