V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Calouros têm recepção especial na volta às aulas

Alunos participaram do Programa de Apoio Pedagógico e Integração de Calouros da Unit e realizaram diversas atividades

às 18h27
Compartilhe:
Calouros participam de Programa de Apoio Pedagógico e Integração de Calouros

Calouros participam de Programa de Apoio Pedagógico e Integração de Calouros

Integração total. Assim está sendo a recepção dos calouros em todos os campi da Universidade Tiradentes nesta segunda-feira, 29 de julho. Centenas de alunos receberam as primeiras informações sobre os cursos aos quais estão inscritos com professores e coordenadores das graduações. A atividade faz parte do Programa de Apoio Pedagógico e Integração de Calouros – PAPI, organizado pela Diretoria de Graduação da Unit.

“Nosso objetivo é fazer um acolhimento especial ao aluno que está chegando à instituição. Prepara-lo para todas as atividades acadêmicas que ele desenvolverá ao longo do semestre”, explica a pedagoga e coordenadora do PAPI, Michelline Simões.

Dentro das ações organizadas para esta semana no Campus Aracaju Farolândia, os calouros estarão participando de palestras com egressos e profissionais de diversas áreas do conhecimento, conhecerão a estrutura do Campus e os diversos serviços ofertados para os acadêmicos Unit.

A caloura Blenda Bernar do curso de Arquitetura e Urbanismo ficou satisfeita em chegar a universidade e encontrar uma recepção especial para os novos alunos. “Para quem chegou agora e ainda está perdido, não sabe como funciona a universidade, é um ótimo momento para se integrar. Achei muito importante”, considera.

Alunos de Enfermagem conheceram mais sobre a estrutura e os projetos de extensão do curso

Alunos de Enfermagem conheceram mais sobre a estrutura da Unit e os projetos de extensão do curso

No auditório do bloco C, os novos alunos de Enfermagem também interagiram com os docentes do curso. Ao longo da semana eles conhecerão mais sobre as disciplinas, os laboratórios e os projetos de extensão. Nesta segunda, os alunos assistiram a palestras ministradas por egressos do curso e outros profissionais. Sheila Diniz é uma das centenas de estudantes a participar da semana de integração e está ansiosa para iniciar as aulas do curso. “Tenho afinidade com a área da saúde e minhas expectativas são as melhores possíveis”, confessa a caloura.

O Programa de Apoio Pedagógico e Integração de Calouros está em seu segundo ano. Para a coordenadora do PAPI, a resposta dos novos acadêmicos em relação ao Programa é positiva. “O aluno chega à universidade deslumbrado com a instituição e o primeiro contato é justamente para que ele conheça mais o curso, os aspectos institucionais e o mercado de trabalho na área em que escolheu. Os resultados com a recepção são positivos no que diz respeito ao relacionamento entre aluno e professor. Este momento encanta o acadêmico”, salienta Michelline.

A integração também aconteceu durante o intervalo, onde os calouros se reuniram no térreo do Bloco D e confraternizaram com pipoca, refrigerante e sorvete.

GASTRONOMIA

Calouros de Gastronomia  colocam a mão na massa no primeiro dia de aula

Calouros de Gastronomia colocam a mão na massa no primeiro dia de aula

Mal os calouros de Gastronomia chegaram à universidade, já foram desafiados a soltar a criatividade e preparar um prato. Após uma breve conversa sobre o curso e o cenário gastronômico em Sergipe e no País, os docentes apresentaram o Centro Gastronômico e conduziram os estudantes para a cozinha escola. Lá, eles montaram grupos e tiveram uma hora para preparar um prato com os ingredientes selecionados pelos professores.

“Já tivemos outras recepções onde os alunos, na primeira semana de aula, tiveram contato com a prática do curso. É um momento importante para eles. Não apenas para conhecer mais o curso e a instituição, mas para que eles se conheçam também. Hoje nossa atividade é a produção”, conta a coordenadora de Gastronomia Kátia Viana.

O grupo de Igor Nunes não perdeu tempo e já foi selecionando os ingredientes para a produção do prato. Apesar de trabalhar na área e estar familiarizado com o ambiente da cozinha, ele aprovou a iniciativa do PAPI. “Acho interessante esta experiência para desenvolvermos mais afinidade com os outros alunos e com o curso. Apesar de já possuir alguns treinamentos e cursos na área de gastronomia, quero me aperfeiçoar ainda mais com a graduação”, completa o calouro. Atualmente, Igor ocupa o cargo de Chef de um restaurante da capital.

Fotos: Marcelo Freitas

Compartilhe: