V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Combate a Hipertensão e qualidade de vida

Datas comemorativas como o Dia nacional de prevenção e combate a hipertensão representam motivos adicionais para a prática de ações extensionistas dos cursos da Unit

às 21h49
De fundamental importância para comunidade, as informações a ações praticadas por acadêmicos da Unit alertam sobre a prevenção de doenças silenciosas como a hiperrtensão
A professora  Ana Maria faz avaliação e considera importante estar atenta
A professora Ana Maria faz avaliação e considera importante estar atenta
A caminhada atraiu a atenção da comunidade
Atividades recreativas motivam os participantes
Compartilhe:

Para comemorar o Dia nacional de prevenção e combate a hipertensão, doença silenciosa que representa a porta de entrada para muitas outras doenças e que mata quase mil brasileiros por dia, a coordenação do curso de Biomedicina da Unit promoveu na tarde dessa quinta-feira, 26, uma caminhada, seguida de ações e informações preventivas.

A iniciativa desenvolvida em parceria com a coordenação de Educação Física sensibilizou populares que aproveitaram para intensificar as atividades que praticam diariamente no parque, para aferir pressão e receber informações sobre como devem proceder para manter a vida saudável.

“A ação de hoje integra as comemorações dos 25 anos do curso e chama a atenção da população para os perigos que a hipertensão representa para a saúde”, explica a coordenadora de Biomedicina, professora Ana Paula.

Para a docente, a participação dos alunos em ações praticadas diretamente como a comunidade denota a característica do curso de unir o ensino à extensão.

Bastante motivada pela oportunidade de participar da ação extensionista a acadêmica do 5º período Thamires Santos Oliveira diz que levar informações à população sobre temas tão vitais como a saúde é um compromisso que o futuro profissional deve assumir desde o início do curso. “Quando cumprimos esse papel, temos a convicção de que estamos no caminho certo. Além do que, sinto orgulho de poder participar de um curso em que todos os professores são fundadores da graduação na Unit”, revela.

Natália Beatriz Santos Correia, também acadêmica do 5º período considera fundamental a ação extensionista porque conscientiza a população sobre um mal silencioso que muitas vezes, por conta do sedentarismo e descuido, pode levar a óbito. “Quanto antes você se prevenir, mais cedo estará em condições de chegar à velhice com qualidade de vida”, reconhece a aluna.

A professora de História aposentada Ana Maria Trindade Freitas Andrade aproveitou a ação praticada pelo curso e frisou se tratar de uma chance ímpar. “É sempre bom estamos conscientes do nosso quadro clínico. Por isso, momentos como esse não podem ser descartados”, pondera.

Compartilhe: