V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Conceituada instituição latina recebe estudantes da Unit

O encontro entre discentes da IES sergipana e de outras universidades da América Latina ocorreu com o objetivo de intercambiar pesquisas

às 18h40
Discentes do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos – PEP – da Unit participaram da V Escuela de Verano de Electroquimica na Universidade de Santiago de Chile – USACL
O registro dos discentes da Unit na universidade chilena
O registro dos discentes da Unit na universidade chilena
Compartilhe:

Entre os dias 15 e 19 de janeiro, os discentes de doutorado e mestrado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos da Universidade Tiradentes Amanda Gonçalves, Danielle Barbosa, Géssica Santiago, Gláucia Nicolau, Marcel Santos, Marcus Barbosa e Nayara Lima participaram da V Escuela de Verano de Electroquimica (EVE), realizada na Universidade de Santiago de Chile (USACL). Na ocasião foram abordados diferentes processos eletroquímicos, associando teoria à prática em laboratórios.

A iniciativa oportunizou a reunião de diversos alunos (22) da América Latina e professores/pesquisadores (12) de instituições internacionais (Espanha, Chile e Senegal).

A Universidade de Santiago de Chile foi classificada como a 16ª na lista das melhores universidades da América Latina em 2018, segundo o Ranking Quacquarelli Symonds (QS).

“É de extrema importância a participação de nossos alunos em atividades/parcerias em experiências internacionais para estimular e melhor qualificar sua vida acadêmica”, opina a professora  Eliane Bezerra Cavalcanti, coordenadora do curso de Pós-Graduação em Engenharia de Processos (mestrado e doutorado), pesquisadora e coordenadora do Laboratório de Tratamento de Resíduos e Efluentes (LTRE).

 

A docente acrescenta que os alunos que participaram da EVE fazem parte da equipe de pesquisadores dos laboratórios de Tratamento de Efluentes (LTRE/ITP), coordenado pela professora Eliane Bezerra Cavalcanti, e o de Eletroquímica e Nanotecnologia (LEN/ITP) coordenado pelo professor Giancarlo Salazar Banda, do Instituto de Tecnologia e Pesquisa, parceira da Universidade Tiradentes.

Compartilhe: