V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Conexões Virtuais: diálogos com a psicanálise

Docente da Unit, professor Ricardo Barreto, produz com colegas de outros estados do Brasil livro que discute a virtualidade e propõe reflexões sobre a temática

às 11h08
Com o objetivo de discutir sobre a virtualidade, demonstrar sua importância no cenário atual e propor uma reflexão entre vários profissionais, os autores Anchyses Jobim Lopes, do Rio de Janeiro, Cibele Prado Barbieri, da Bahia, Maria Beatriz Jacques Ramos, do Rio Grande do Sul e Ricardo Azevedo Barreto, de Sergipe, organizaram o livro “Conexões Virtuais: diálogos com a psicanálise”. Prof. Dr. Ricardo Azevedo Barreto é docente da Universidade Tiradentes e leciona nos cursos de Psicologia e Medicina.
Compartilhe:

Produzido durante a gestão de Prof. Dr. Ricardo Azevedo Barreto como presidente do Círculo Brasileiro de Psicanálise (CBP), federação de instituições psicanalíticas brasileiras, o livro foi publicado pela Editora Escuta de São Paulo. Dividida em eixos temáticos, como psicanálise @ encontros. com, virtualidade e realidade: espaços, tempos e limites e psicanalisar no contexto atual, a publicação conta com capítulos de diferentes autores brasileiros, incluindo os organizadores, que também escreveram o prefácio da obra, e traz ainda a contribuição de uma autora estrangeira. De Sergipe, há também um capítulo da Prof. Dra. Déborah Pimentel com os alunos Lucas Souza, Maíra Sandes Moromizato e Danilo Bastos do curso de Medicina da UNIT.

“A virtualidade tem sido uma questão de bastante importância na atualidade e precisa ser refletida por vários profissionais e pela sociedade de modo geral. O livro foi organizado para levar ao público indagações sobre a temática e possibilitar o pensamento sobre a complexidade do mundo atual com capítulos que vão abordar os mais diferentes aspectos da virtualidade. Abrange dimensões afetivas, psicológicas, sociais, culturais e mudanças na noção de privado e público da sociedade atual na era da virtualidade”, salienta o psicólogo e psicanalista.

“O livro é bem fundamentado teoricamente e ficou um produto final muito bonito. Não temos a ideia de pensar numa sociedade engessada, com respostas prontas, mas pensamos na historicidade da sociedade. É um assunto bastante complexo, de relevância na atualidade e precisamos refletir mais sobre o mesmo para compreendermos o ser humano contemporâneo de forma aprofundada”, explica Prof. Dr. Ricardo Azevedo Barreto.

 

Sobre o autor Prof. Dr. Ricardo Azevedo Barreto

Formado em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP), é também mestre e doutor pelo Instituto de Psicologia da USP. Possui especialização em Psicologia Hospitalar pelo CEPSIC da Divisão de Psicologia do Instituto Central do Hospital das Clínicas da FMUSP, além de treinamento em hospitais nos Estados Unidos. Psicanalista, foi presidente do Círculo Brasileiro de Psicanálise (CBP) de 2014 a março de 2017. Na UNIT, no curso de Psicologia, o docente é professor da disciplina “Teorias e técnicas Psicoterápicas” e, em Medicina, ensina “Habilidades de Comunicação”. Também é coordenador do projeto de extensão “Humanização e Promoção de Saúde: uma perspectiva psicológica” no Hospital São Lucas.

 

Compartilhe: