V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Covid-19 e a importância do farmacêutico hospitalar

Pandemia acentua a necessidade de profissionais da Farmácia dentro dos hospitais, afirma professora da Unit

às 13h36
Professora Aline Goes
Compartilhe:

Dentro das oportunidades de atuação no campo do Curso de Farmácia, o farmacêutico hospitalar tem se destacado, principalmente, por conta de sua importância diante da pandemia enfrentada durante os últimos tempos, atuando na linha de frente contra a Covid-19. Entre as suas principais atribuições estão a compra de insumos e materiais hospitalares e o uso racional de medicamentos, tudo de forma alinhada a uma equipe multidisciplinar que busca sempre o melhor para os pacientes. 

A Coordenadora de Estágios e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Curso de Farmácia da Universidade Tiradentes, Aline Santana Goes atua também como farmacêutica no Hospital e Maternidade Santa Isabel e afirma que o maior desafio profissional diante desse contexto pandêmico foi adotar ações que garantem a segurança dos pacientes e trabalhadores da saúde. “Tivemos que manter a prestação de serviços, possibilitando o acesso a medicamentos, produtos para a saúde e cuidado em saúde. Otimizar a farmacoterapia em períodos de escassez de insumos e medicamentos a fim de garantir segurança, saúde, qualidade de vida e efetividade no tratamento do paciente”, reitera. 

Aline também explica que a formação para atuar na linha hospitalar é preparada desde a graduação através das diversas experiências em estágios e matérias práticas e que é de suma importância a presença de um farmacêutico capacitado dentro dos hospitais. “O farmacêutico é o profissional de primeira linha, que está acessível à população para tirar as dúvidas sobre o uso correto de medicamentos, sendo considerado a primeira possibilidade de acesso ao cuidado de saúde. Além de ser responsável por toda a cadeia logística do medicamento, como também um bom mediador de diálogos entre as equipes multidisciplinares quando se trata da melhor terapia que será utilizada pelo paciente”, disse a professora. 

Mesmo com a diminuição considerável de casos da Covid-19, os profissionais de farmácia precisam se manter vigilantes no ambiente hospitalar. “O papel do farmacêutico nesse cenário está cada vez mais consolidado, a pandemia evidenciou ainda mais a importância desse profissional tão necessário nas unidades de saúde, sejam elas hospitalares junto às equipes multidisciplinares, seja na farmácia comunitária, no desenvolvimento de vacinas, novos medicamentos, nas análises clínicas entre tantas atividades que o farmacêutico pode desenvolver”.

Leia Mais:

O farmacêutico em meio à pandemia e à procura por tratamento precoce
Presença de farmacêutico em farmácias e drogarias traz segurança para clientes
Farmacêutico: profissional estratégico e essencial para sociedade

Compartilhe: