V E S T I B U L A R UNIT
MENU

CRA-SE cria Medalha Adm. Jouberto Uchôa de Mendonça

Reitor da Universidade Tiradentes fundou e foi o primeiro presidente do Conselho Regional de Administração

às 20h17
O Conselho Regional de Administração de Sergipe – CRA-SE instituiu a “Medalha Adm. Jouberto Uchôa de Mendonça” como o mais alto grau de reconhecimento da profissão do administrador no Estado.
Reitor da Unit e gestores do CRA-SE (Foto: Ascom/CRA-SE)
Compartilhe:

Serão agraciados com a medalha os presidentes do CRA-SE, os conselheiros regionais em exercício e, ainda, personalidades e administradores que tenham contribuído significativamente para o desenvolvimento da Ciência da Administração e para a valorização da profissão. A escolha dos homenageados se dará por decisão da Diretoria Executiva do CRA-SE.

“O professor Uchôa é o fundador do Conselho Regional de Administração de Sergipe, foi o primeiro presidente e o administrador de carteira número 1. Até hoje ele apoia o CRA-SE, então, nada mais justo do que homenageá-lo com o nome desta medalha”, afirma o presidente do Conselho, administrador Carlos Eloy Filho.

“Este é um gesto de extrema bondade. Estou sendo beneficiado por algo que defendo para todos: se alguma virtude minha tiver que ser reconhecida, que seja em vida, para que eu possa estar presente para viver a emoção”, agradece o professor Uchôa.

Fundador do CRA-SE

O reitor da Universidade Tiradentes, Jouberto Uchôa de Mendonça, decidiu lutar pela fundação do Conselho Regional de Administração em Sergipe há aproximadamente 50 anos, quando existia no Estado uma delegacia subordinada à Bahia.

“Nós realizamos uma luta nacional, indo a todos os estados onde o Conselho Federal se reunia para reivindicar nossa independência. Levávamos daqui presidente da Assembleia Legislativa, da Câmara de Vereadores de Aracaju, da Federação das Indústrias, para mostrar ao CFA que tínhamos condição de sobreviver. Fomos aprovados por unanimidade e, após a minha saída da presidência do Conselho Regional, vieram novos presidentes, novas diretorias que realizaram um trabalho belíssimo”, rememora o professor Uchôa.

Compartilhe: