V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Cuidados com o Meio Ambiente

Com uma “bolha ecológica” montada no minishopping do Campus Farolândia da Unit, a SEMA alertou sobre o uso desenfreado de descartáveis e as consequências ao Meio Ambiente

às 14h14
Compartilhe:

Quem passava no minishopping do Campus Aracaju Farolândia da Universidade Tiradentes na última sexta-feira, 22, um espaço chamava atenção. Denominada de “Bolha Ecológica”, a exposição itinerante montada pela Secretaria do Meio Ambiente – SEMA – de Aracaju alertava estudantes e colaboradores da instituição de ensino sobre a importância e descarte dos resíduos sólidos.

“O que procuramos aqui é exatamente abordar a consequência do uso desenfreado dos descartáveis, sendo que não pensamos as consequências desta utilização, principalmente ao Meio Ambiente. É preciso despertar nas pessoas esta conscientização”, salienta a coordenadora de Educação Ambiental da SEMA, Raphaella Ribeiro.

“No momento que as pessoas entram no espaço mostramos com óculos de realidade virtual, o oceano ideal e limpo e depois abordamos a realidade das consequências no oceano sendo devastado pela quantidade exacerbada de plástico. Além disso, procuramos também fazer referência à questão climática. É uma experiência de 5 minutos, mas que a pessoa já sente os impactos do aumento da temperatura ”, acrescenta Raphaella.

Durante o intervalo também foi realizada uma abordagem sobre o uso consciente e a reutilização dos produtos.  “As pessoas estão em um despertar muito maior para questão da consciência em relação ao meio ambiente. Hoje já chegamos em um local e verificamos o uso de canudos oxidobiodegradáveis, restaurantes que já trazem canudos inox, reutilizáveis, então, a importância de mudar os nossos hábitos, também mudam os hábitos industriais”, considera a coordenadora.

“O programa de responsabilidade socioambiental da Unit vai completar 10 anos, em setembro, e como existe uma rotatividade muito grande de pessoas no Campus Farolândia, buscamos trazer sempre assuntos pertinentes ao público e, neste caso, mostrar a importância de se trabalhar a redução dos resíduos”, enfatiza a professora Luciana Rodrigues, coordenadora do Programa Conduta Consciente da Universidade Tiradentes.

“É incrível como as pessoas não fazem as conexões que o lixo encontrado na praia faz parte de um grande movimento e que acabam colocando diversos animais na lista de extinção e prejudicando muitas espécies, inclusive a espécie humana, pois afeta a saúde e prejudica a qualidade de vida”, finaliza Luciana.

Compartilhe: