V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Curso de Medicina da Unit realiza mais uma capacitação docente

A importância do feedback e Psicologia Positiva foram temáticas abordadas no encontro

às 14h54
Compartilhe:

Entre os dias 04 e 06 de setembro, o curso de Medicina da Universidade Tiradentes realizou mais uma capacitação com docentes da área. A iniciativa, que aconteceu na sala 34 do Bloco F do Campus Aracaju Farolândia da Unit, reuniu mais de 40 professores e tutores da área.

O encontro é fruto dos resultados obtidos a partir de reuniões mensais com estudantes e relatório da Comissão Própria de Avaliação, instrumento utilizado pela Unit que identifica as potencialidades e fragilidades na comunidade acadêmica. “Este é um outro tipo de capacitação diferente das que realizamos habitualmente. Nós desenvolvemos treinamentos periodicamente, como por exemplo a Jornada de Mobilização Pedagógica, além de capacitações básicas e avançadas”, declarou o professor Richard Halti Cabral, coordenador do curso de Medicina da Unit.

“A nossa preocupação é de fazer um processo continuado de capacitação. Quanto melhor capacitado nosso professor, melhor será o desempenho dos nossos alunos. Os docentes também vivem na correria do dia-a-dia e também são fundamentais porque, juntamente com os alunos, são engrenagens do nosso curso”, acrescentou.

A capacitação será dividida em três momentos com temáticas voltadas para a psicologia positiva, Google for Education e comissão de ética médica. Na programação, além da temática central do primeiro encontro, a professora Tássia Oliveira falou sobre a importância do feedback.

“É muito relevante e, ao mesmo tempo, é difícil tratar com críticas e, até mesmo, elogios. Na atualidade, as maiores empresas têm se voltado para a contratação de consultores de Recursos Humanos para fornecer esse feedback. Nós, profissionais, que trabalhamos com tutoria na Medicina precisamos ter esta percepção e um cuidado pois estamos lidando com a carreira desse futuro profissional”, comentou a docente Tássia Oliveira, integrante do Núcleo de Apoio Pedagógico – NAPED – do curso de Medicina.

No evento, o professor doutor Alvaci Resende discutiu a Psicologia positiva e inteligência emocional. “Por meio de dinâmicas e atividades práticas, vou trabalhar com as emoções. É por meio da inteligência emocional que a gente conhece e controla as nossas emoções”, enfatiza o docente.

“Ser professor é um desafio é maravilhoso para mim porque o princípio básico é ser otimista. Eu tenho que acreditar primeiro em mim, para que eu possa acreditar em meu aluno. Então, a ideia é trabalhar, a inteligência emocional do professor aqui presente para que ele possa posteriormente, trabalhar com seu aluno”, finaliza Alvaci.

Compartilhe: