V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Encontro Brasileiro sobre Adsorção comemora 20 anos

Durante três dias consecutivos, cientistas e pesquisadores de diversos estados brasileiros participam do EBA, sediado pela Unit

às 19h51
Cientistas nacionais e de outros países comemoram na Unit o vigésimo aniversário do Encontro Brasileiro de Adsorção
Primeiro palestrante e fundador do EBA, doutor  Célio Loureiro
Primeiro palestrante e fundador do EBA, doutor Célio Loureiro
Presidente do comitê organizador do evento, doutora Odélsia Sanchez
Diretora de Pesquisa da Unit, doutora Juliana Cordeiro abre o evento em nome do reitor
Auditório repleto de pesquisadores
Compartilhe:

Consolidado como um importante fórum de discussão sobre os fundamentos e as aplicações da adsorção no Brasil, o EBA chega à sua 11ª edição motivado pelo propósito dos seus organizadores em congregar as comunidades científica, acadêmica e empresarial da área, buscando uma interação entre os seus grupos a fim de difundir a ciência da adsorção. A proposta é despertar nos estudantes o interesse em desenvolver trabalhos na área dentro dos padrões de excelência praticada em todo o mundo.

A abertura oficial do EBA, que nesta versão celebra o vigésimo aniversário, ocorreu na tarde desta segunda-feira, 25, no auditório B do bloco G da Unit Farolândia. O evento prossegue até a próxima quarta-feira, 27, permitindo a todos os participantes (brasileiros e estrangeiros) participarem de diversas atividades, entre elas plenárias, conferências e apresentações de trabalhos produzidos por especialistas na área da adsorção.

Sobre o tema de abertura “Celebrando o 20 anos do EBA”, foi palestrante o idealizador da primeira edição ocorrida em Fortaleza em 1996, professor doutor Célio Loureiro Cavalcante Júnior, docente da Universidade Federal do Ceará.

“Relembro os 20 anos que ocorre esse evento”, diz o bem-humorado professor Célio, explicando que os encontros acontecem a cada dois anos. Em sua explanação ele salientou o que ocorreu ao longo dessas duas últimas décadas e como a pesquisa contribuiu para o desenvolvimento do Brasil. “A avaliação é positiva, onde registramos um crescimento muito forte com um índice muito usado na área acadêmica que é a produção científica e publicação de períodos que, nesse período, aumentou 14 vezes enquanto que no resto do mundo a área de adsorção aumentou apenas três vezes”, afirma o pesquisador.

A 10ª edição do EBA ocorre na Unit graças ao esforço da sua comunidade científica por meio do Programa de Mestrado e Doutorado em Engenharia de Processos – PEP, sendo que a presidência do comitê organizador do evento está sob a responsabilidade da professora doutora Odélsia Sanchez. “Temos a sorte de comemorar os 20 anos na Universidade Tiradentes reunindo especialistas de diversas áreas das Engenharias e Tecnologias e as ciências exatas dentro da área de Adsorção. Considero uma oportunidade ímpar para a realização de intercâmbio com empresas e universidades”, pondera a doutora Odélsia. Ela ressalta a importância das presenças internacionais apresentando aqui o que há de mais atual em recursos da área de Adsorção.

Compartilhe: