V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Entenda o custo benefício dos móveis planejados

Com a ajuda de um designer de interiores é possível aproveitar os melhores espaços com a utilização do mobiliário planejado.

às 12h29
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
Compartilhe:

Muitas vezes, quem está começando a mobilizar uma casa ou apartamento tem dificuldades em encontrar móveis que se encaixem em pequenos espaços e mais, valorizem o ambiente. Nesses momentos, é possível contar a ajuda de um designer de interiores e optar por um mobiliário planejado.

Um dos benefícios dos móveis planejados é o custo-benefício. Inicialmente, o valor pode parecer alto, mas as vantagens de serem adaptados ao ambiente, ter alta qualidade e resistência, e se adaptar ao estilo e necessidades dos usuários, faz valer a pena o investimento.

Quem gosta de manter os ambientes sempre organizados se beneficia do uso do mobiliário planejado. Essa também é uma solução para quem deseja uma decoração personalizada e exclusiva. 

Designer de interiores

Escolher ou trocar os móveis não é uma tarefa fácil como se pensa. Somente um profissional qualificado e com experiência poderá entender as necessidades do cliente e encontrará soluções. Esse profissional é o designer de interiores.

Criativo e antenado com tendências, ele é apto a planejar ambientes residenciais ou comerciais a partir de um estudo prévio. Ele é responsável por organizar o espaço da melhor maneira possível, especificar o mobiliário, os materiais, as cores, acabamentos e revestimentos necessários para tornar um ambiente confortável e adequado aos seus usuários.

Curso

A profissão de tecnólogo em Design de Interiores está cada vez mais reconhecida. Em 2016, uma lei federal listou as atribuições e responsabilidades do profissional, delimitando e garantindo o seu espaço no mercado de trabalho.

Curioso para saber mais sobre a Graduação em Design de Interiores? Não deixe de conferir o material completo que preparamos sobre o assunto. Faça o download do e-book e confira!

*com informações de Casa e Construção, Finger (blog), Cé Móveis (blog)

 

Leia também: Como a pandemia mudou a ideia sobre espaços públicos

Compartilhe: