V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Feira de ciências mobiliza jovens estudantes


às 20h12
Maycon do Nascimento Santos , acadêmico do 5º período
Maycon do Nascimento Santos , acadêmico do 5º período
Os professores Hugo Xavier e Cleodon Teodósio da Silva.
João Victor Feitosa de Moura, aluno da Escola Maria Thetis Nunes
Compartilhe:

Organizada pela coordenação do curso de Ciências Biológicas, a versão 2018 da Feira de Ciências da Unit ocorreu na manhã do sábado, 26, no minishopping do Campus Farolândia.

O evento, que tem como base a produção científica, despertou em jovens como João Victor Feitosa de Moura, aluno do 9º período do Colégio Maria Thetis Nunes, o interesse em vivenciar os diversos experimentos apresentados pelos acadêmicos de forma prática. “Acho importante conhecer essa estrutura que nos ensina, entre outras coisas, como preservar o meio ambiente”, confessa o jovem aluno.

Os estandes montados lado a lado facilitou a circulação do visitante, que conheceu também trabalhos de pesquisas desenvolvidos por empresas parceiras com o Ibama, Fundação Mamíferos Aquáticos e Ibama.

“A gente coloca para além dos muros da universidade o que temos cientificamente de mais atual em termos de meio ambiente e de ciências”, comenta o coordenador de Nutrição, professor Hugo Xavier. Ele que apoiou integralmente a realização do evento é de opinião de que a Feira de Ciências aproxima os jovens estudantes da universidade, mostrando o que há de melhor na Unit, e o porquê de sermos conceituados pelo MEC com a melhor nota.

“O nosso objetivo é mostrar o conhecimento das Ciências Biológicas para o público em geral. Aqui estão presentes jovens de escolas do ensino fundamental e médio, além de toda a comunidade, para que possamos tornar público o conhecimento que os nossos acadêmicos adquirem”, explica o coordenador de Ciências Biológicas, professor Cleodon Teodósio da Silva.

Acadêmico do 5º período e colaborando com a organização da Feira de Ciências, Maycon do Nascimento Santos considera importante a aproximação da academia com a comunidade, especialmente os jovens estudantes. “É uma oportunidade que eles (os jovens) têm de aprender bastante sobre o que nós já estamos aprendendo”, comenta.

Compartilhe: