V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Grupo Tiradentes participa de comitê do governo para planejar Sergipe 2050

Instituições participarão para o desenvolvimento do Estado a longo prazo. A Unit, compondo o comitê, contribuirá com expertise e conhecimento

às 15h39
Superintendente acadêmico do Grupo Tiradentes, professor Temisson Jose dos Santos
Superintendente acadêmico do Grupo Tiradentes, professor Temisson Jose dos Santos
Fotos: Secom do Estado
Fotos: Secom do Estado
Compartilhe:

Por Raquel Passos com informações da Secom

Com o objetivo de aprimorar uma série de políticas para o desenvolvimento local, o governo de Sergipe deu início, no último dia 17, à instalação do Comitê Gestor da Iniciativa Sergipe 2050, fruto de um trabalho integrado e participativo entre os poderes público e privado. O Grupo Tiradentes, por meio da Universidade Tiradentes – Unit -, compõe esta seleta lista.

Para o governador Belivaldo Chagas, a instalação do Comitê é a base para a formatação de um documento que estabelecerá metas junto ao planejamento estratégico do governo para 2022 e, ainda, para projetar o que se pensa para Sergipe em 2050.

“A proposta é sentar com os diversos setores da sociedade para que, efetivamente, a gente tenha um documento que possa ser colocado em prática. Temos um planejamento estratégico que vai até 2022, que já está sendo colocado em prática. Mas, paralelo a ele, é preciso que a gente tenha um planejamento para o médio e longo prazo. É por isso que nós estamos pensando no Sergipe 2050, envolvendo esses setores da sociedade que têm muito a contribuir pois eles também vivem o dia a dia com a sociedade sergipana. O foco é fazer uma política de Estado e não uma política de momento”, contou.

O superintendente acadêmico do Grupo Tiradentes, professor Temisson José dos Santos, explicou que a Universidade Tiradentes – Unit – poderá contribuir para o desenvolvimento do Estado, ao passo que os alunos se beneficiarão, na prática, com essa oportunidade.

“Estou muito feliz por estar aqui nesse lançamento. É um projeto que é uma aula de gestão, de governança de alto nível, que integra setores, que compartilha potencialidades. É também uma oportunidade gigantesca para nossos alunos de graduação que terão um enorme elenco de ecossistemas, capaz de oferecer para eles uma aprendizagem significativa. Aprender com base em algo palpável, real, é muito importante para formação”.

Na solenidade, foi assinado Protocolo de Intenções para estabelecer condições de cooperação entre os partícipes, visando a promoção de atividade de pesquisa, extensão, bem como de apoio a eventos no âmbito da iniciativa Sergipe 2050.

A metodologia de trabalho do plano Sergipe 2050 será apoiado em dois pilares: o primeiro é o da governança, concretizado pela recomposição do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, suas câmaras setoriais e territoriais e sua Secretaria Executiva. O segundo é o pilar da construção de uma plataforma virtual capaz de sistematizar o conhecimento e disseminar as diretrizes do nosso desenvolvimento entre todos os atores.

Conselho Gestor do Sergipe 2050

O Conselho Gestor do Sergipe 2050 é uma instância consultiva com o intuito de auxiliar a Secretaria Executiva na implantação da Iniciativa Sergipe 2050. Inicialmente, será formada pelo Governo, Sebrae-SE, Fies, Fecomércio, UFS, Unit, Instituto Banese e IPTI.

Compartilhe: