V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Hack4health: é dada a largada!

Segurança do paciente é o tema mobilizador do Hack4health

às 01h16
Preparadas, as equipes dão a largada.
Preparadas, as equipes dão a largada.
O corte simbólico da fita antecipa o início das competições
Pacientes e médicos participam da mesa redonda
Compartilhe:

Durante as próximas 48 horas o Hack4health, evento que tem como cenário de realização o minishopping do Campus da Unit na Farolândia mobiliza equipes de universitários das áreas da tecnologia e da Saúde na busca de alternativas que proponham a melhor fórmula para a obtenção da excelência no tratamento de pacientes.

“Esse é um projeto inédito na universidade. A ideia é unir duas áreas para dar uma solução inovadora a um problema real de saúde”, explica o coordenador dos cursos de Computação, professor Fábio dos Santos. O docente acrescenta que esta é uma excelente oportunidade de dar evidência às mentes brilhantes trazendo assim benefícios para a sociedade.

O mecanismo de ação do Hack4health consiste em procedimentos que antecederam o início da competição. “Abrimos inscrições através de um site criado com esse propósito limitando a participação de 10 equipes que contam com a participação de professores das áreas envolvidas”, explica o professor Fábio lembrando que as palestras que ocorrem durante todo o dia do sábado, 19, também integram a programação.

Durante a abertura do Hack4health, antecedeu o início da competição entre as equipes dois depoimentos de pacientes oncológicas acometidas pelo câncer de mama metastático. A advogada pernambucana Maria Paula Bandeira narrou sua trajetória de vida desde que descobriu a doença. Num depoimento lúcido e emocionante ela que coordena o Programa de Extensão Universitária Saúde Legal e Profissional, orientadora do Escritório de Práticas Jurídicas do Centro Universitário Tabosa de Almeida deixou evidente sua preocupação com o cuidado hospitalar e sua repercussão no bem-estar do paciente.

A palestrante seguinte Rafaela Macedo, também discorreu sobre seu convívio com uma doença que é voraz e que requer de uma equipe multidisciplinar os cuidados necessários para um tratamento que prolongue a vida. Rafaela é sergipana, escritora de Direito Tributário, especialista em Direito Público, Jornalista e apresentadora de TV e Youtuber.

Concluída a mesa redonda da qual participaram as pacientes e os médicos Paulo Barreto e Rogério Guariniello, também como convidados, foi realizado o corte simbólico da fita e dado início à competição.

Compartilhe: