V E S T I B U L A R UNIT
MENU

ProMai 2019.2: inscrições seguem abertas até a sexta-feira, 13

Estudantes interessados em concorrer a uma vaga no ProMai têm até esta semana para efetuar suas inscrições. Ainda há tempo!

às 19h07
Compartilhe:

Sempre teve o sonho de estudar no exterior? Os editais de seleção para os programas de mobilidade internacional ficam disponíveis para inscrição até esta sexta-feira, 13.  Trata-se do Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional – ProMai -, realização da coordenação de Relações Internacionais da Universidade Tiradentes – Unit.

A inscrição para os candidatos interessados continua até esta sexta-feira, 13, e quem desejar participar deve se inteirar do conteúdo no edital. Para este semestre, são ofertadas mais de 160 vagas em conceituadas instituições de ensino superior, localizadas em 16 países e conveniadas com a Unit por meio do ProMai.

Rafael de Moraes Baldrighi, do time da coordenação de Relações Internacionais, alerta para o prazo: “No site oferecemos todas a orientações e suporte necessários para que os alunos possam começar a regularizar a documentação. Os aprovados passam seis meses no exterior, podendo renovar a permanência por mais seis meses”.

ProMai

O Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional é ofertado aos estudantes regularmente matriculados nos cursos de graduação da instituição de ensino com o objetivo de promover aprendizado acadêmico a partir da vivência de experiências em instituições de ensino de outros países.

Semestralmente, são ofertadas vagas. Para participar, é preciso corresponder aos critérios do edital, como possuir 20% do curso e não responder a processo acadêmico.

As parcerias da Unit se estendem por todo o mundo e vão desde países culturalmente próximos, aos mais distantes como Coreia do Sul. “A diversidade garante que os estudantes possam escolher o país que mais se identifica, seja por motivos pessoais ou de acordo com o valor agregado para sua futura profissão”, explica Rafael.

Com o ProMai, o aluno tem ainda a oportunidade de obter equivalência de disciplinas gratuitamente, adicionar uma segunda língua ao currículo acadêmico e profissional, além de sua própria experiência internacional.

Compartilhe: