V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Janeiro Branco: terapia online é alternativa para atendimentos psicológicos

Consultas através de videochamadas ou canais virtuais oferecem a mesma eficácia da terapia presencial e ganharam evidência na pandemia

às 21h09
Além das videochamadas com o psicólogo, o paciente ainda pode ter o apoio do profissional trocando mensagens de texto ou e-mails (Julia Cameron/Pexels)
Além das videochamadas com o psicólogo, o paciente ainda pode ter o apoio do profissional trocando mensagens de texto ou e-mails (Julia Cameron/Pexels)
Compartilhe:

Os chamados “divãs virtuais” ganharam força com a pandemia do Covid-19, adaptando o trabalho de psicólogos ao distanciamento social e às novas tecnologias de comunicação, principalmente a internet e as redes sociais. Através das chamadas de vídeo ou de trocas de mensagens por e-mail ou Whatsapp, os profissionais passaram a fazer terapia e prestar seus outros serviços de atendimento ao público, como orientações e aconselhamentos psicológicos, conforme o Conselho Federal de Psicologia (CFP). 

Antes da pandemia transformá-la em regra, a prática era considerada apenas uma opção do profissional psicólogo, acessível para poucas pessoas. Ela foi adotada no Brasil na década de 2000, depois de ser regulamentada em países como Austrália, Canadá e Reino Unido. Mas foi a partir de 2012 que as terapias por videochamadas começaram a ser regulamentadas por resoluções do CFP, primeiro de forma limitada. A liberação total, mediante regras de cadastro prévio e garantia da ética profissional veio a partir de resoluções atualizadas em 2018 e em 2020 – no início da pandemia. 

Estudos já realizados sobre o tema já atestaram que a psicoterapia virtual é tão eficaz quanto a terapia presencial, proporcionando a mesma evolução clínica ao paciente e o mesmo impacto positivo à sua saúde mental e emocional. Por isso, qualquer pessoa pode recorrer à terapia quando sentir que algo não está bem consigo mesmo.

“É indicado que a busca pela ajuda psicológica seja feita assim que a pessoa começar a sentir que não está bem. Quando começar a entender que alguns sintomas/sentimentos estão alterando seu sono, seu humor e a sua tranquilidade é hora buscar essa ajuda profissional o mais rápido possível”, orienta a coordenadora do Núcleo de Apoio Psicológico e Psicossocial (Napps) do Centro Universitário Tiradentes (Unit Pernambuco), Ana Paula Melo.

Precauções 

Mas antes de escolher um psicólogo para fazer a sua consulta virtual, é preciso seguir algumas precauções para garantir o melhor serviço. Primeiro, o profissional tem que ser inscrito no Cadastro Nacional de Psicólogos, mantido pelo CFP. Em seguida, verificar se o aplicativo ou a clínica tem queixas em sites de reclamações como o Reclame Aqui e o Proteste.

Na hora da sessão, é recomendado que a pessoa procure um ambiente privado e tranquilo, garantindo que ela não seja interrompida. É bom evitar locais públicos, como cafés, bibliotecas ou coworkings, e usar um computador ou celular pessoal, além de um bom antivírus e uma conexão de internet de boa qualidade, que evite quedas de sinal durante a consulta. 

NAPPS 

Nas unidades de ensino ligadas ao Grupo Tiradentes, os alunos, professores e colaboradores podem contar, gratuitamente, com um suporte de apoio e acolhimento psicológico, que lhes permita uma melhor saúde mental em seu estudo ou trabalho. São núcleos que atendem a pessoas com Deficiências, Síndromes ou Transtornos, ou que vivenciam situações de conflito que interferem no processo de aprendizagem e/ou nas relações sociais e comunitárias.

Na Unit Sergipe, o Núcleo de Apoio Pedagógico e Psicossocial (NAPPS), funciona em Aracaju, no Campus Farolândia, no 2º piso da Biblioteca Jacinto Uchoa; e nos Campi Estância, Itabaiana e Propriá, na Sala CAEPSS/Napps.

Já para a comunidade externa, as Units oferecem as clínicas-escola de Psicologia, que atuam com estagiários dos dois últimos períodos do curso de Psicologia, orientados e supervisionados por professores que são psicólogos com formação especializada e experiência clínica. O atendimento ao público e o agendamento de consultas será retomado a partir de fevereiro na Clínica de Psicologia da Unit Sergipe, no bairro Farolândia, em Aracaju.

Programa de Acolhimento ao Colaborador

Esse serviço é direcionado exclusivamente aos colaboradores. O projeto, de acordo com a coordenadora da Clínica de Psicologia da Unit Sergipe, Jacqueline Caldeira, funciona como presente e um cuidado para o colaborador. Ele é eficaz e está disponível para todas as unidades.

“A proposta do não é atuar como a clínica atua, de forma psicoterápica, mas sim como apoio, para que o colaborador possa falar de todas as questões que esteja vivendo no momento, ou esclarecer alguma dúvida com relação a questões comportamentais diante da pandemia. O PAC é um lugar onde ele pode falar sobre todas as coisas numa proposta de sigilo, de orientação e de acolhimento”, resumiu a psicóloga.

É importante ressaltar que o programa segue disponibilizando apoio e atendimento psicológico para quem entra em contato com a iniciativa. Os acolhimentos do PAC acontecerão às segundas, quartas e sextas-feiras. Para isso, preciso solicitar via e-mail acolhimento@grupotiradentes.com ou WhatsApp: (79) 98101-9805. As demandas serão atendidas por meio de vídeo chamada pelo próprio WhatsApp ou via Hangout.

CVV

Quem também precisar de apoio, também pode contar com o Centro de Valorização da Vida (CVV), que promove apoio emocional e prevenção do suicídio. Voluntários capacitados estão para todas as pessoas que querem e precisam conversar. Basta ligar gratuitamente para 188, de qualquer linha telefônica fixa ou celular, ou manter contato por e-mail e chat 24 horas todos os dias. O atendimento é sigiloso. 

Asscom | Grupo Tiradentes 

Compartilhe: