V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Ligas Acadêmicas e a importância para o desenvolvimento estudantil

“Participar da Liga foi um divisor de águas na minha carreira acadêmica e profissional”, afirma estudante da Unit

às 13h23
 Gledson Alves Júnior
Gledson Alves Júnior
Compartilhe:

Desenvolvendo um papel de fundamental importância na formação dos alunos, as Ligas Acadêmicas são uma estratégia extracurricular para complementar a formação do aluno. A liga é criada e organizada por acadêmicos, professores e profissionais que apresentam interesses em uma área específica em comum. De acordo com Gledson Alves, acadêmico do curso de Medicina da Universidade Tiradentes e fundador da Liga Acadêmica de Medicina Intensiva de Sergipe (LIGAMIN-SE), às Ligas permitem desenvolver habilidades dentro e fora do contexto acadêmico. 

“As Ligas acadêmicas desenvolvem muito o trabalho em equipe, aprimora conhecimentos teóricos e práticos, permite o reconhecimento da atividade médica em campo de trabalho, auxilia em desenvolvimento de pesquisa, desenvolve habilidades de gestão e liderança, e, por fim, em especial, permite o desenvolvimento de networking, recurso de extrema importância em dias hodiernos”, explica Gledson, que fez parte também da organização do II Simpósio Brasileiro das Ligas Acadêmicas de Medicina Intensiva (SIBLAMI).

O evento, que ocorreu no início do mês de agosto, foi organizado em parceria com a presidente da liga de medicina intensiva e emergência da universidade de Vassouras-RJ (LAMIEM-UV), Carolina Rocha, e foi bem recebido pela comunidade acadêmica e pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira. “A liga Acadêmica, em período de pandemia, reinventou-se e aprimorou o desenvolvimento de novos eventos, principalmente, em conjunto com diversos órgãos e associações da Medicina e com inúmeras outras ligas da maioria dos Estados brasileiros e suas respectivas sociedades médicas de terapia intensiva. Há forte possibilidade de realizarmos ainda neste semestre alguns eventos em conjunto”, reitera Gledson. 

O acadêmico também relatou que a sua experiência com a Liga Acadêmica de Medicina Intensiva de Sergipe foi um divisor de águas na sua carreira acadêmica e profissional. “Além de me descobrir na área médica, comecei a ter contato com profissionais de muito peso na especialidade médica, que, diariamente, são meus focos de inspiração. Ademais, foi graças a LIGAMIN-SE que consegui notoriedade e ser convidado para participar do Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva (CBMI), maior evento latino americano desta especialidade, na condição de trainee e palestrante”.

Leia Mais:
Unit conquista representação da Associação Brasileira de Ligas Acadêmicas de Medicina
Unit conta com primeira Liga Acadêmica de Circulação Extracorpórea do país
Simpósio das Ligas de Medicina Intensiva ganha destaque e se configura como importante evento acadêmico on-line

Compartilhe: