V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Mapeamento histórico digital do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe é feito por alunos da Unit

Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe é a terceira instituição oficial sergipana a contar com os serviços de catalogação e mapeamento digital do acervo

às 19h41
Durante a reunião de apresentação do projeto
Durante a reunião de apresentação do projeto
O registro da equipe de alunos que passa a desenvolver o projeto
Compartilhe:

Depois de posto em prática no Diário Oficial de Sergipe e na Secretaria de Estado da Fazenda, o projeto que objetiva registrar digitalmente a memória dos acervos pertencentes a essas entidades começa a ser feito no CBMSE.

A parceria entre as instituições e a Universidade Tiradentes é feita através do curso de Ciência de Computação onde alguns dos alunos na condição de estagiários e supervisionados pelo professor Fábio Gomes, põe de digitalização do acervo dessas instituições e assegura a perpetuação da memória patrimonial.

Na opinião do comandante-geral da guarnição, coronel Gilfran Mateus, a execução do trabalho de digitalização dos documentos pelos alunos tem grande importância uma vez que a entidade.

“Ao acessar o acervo digitalizado as pessoas terão mais facilidade na pesquisa e no conhecimento sobre a história da corporação, seja no aspecto histórico ou documental”, relata o comandante.

Na opinião do coordenador projeto, professor Fábio Gomes, a parceria com os bombeiros agrega um projeto maior já em desenvolvimento, que envolve o sistema de gestão de documentos.

“Nos alegra muito a expansão do projeto junto ao Corpo de Bombeiros. São quatro alunos que desenvolverão suas atividades tanto em documentes históricos, como administrativos criando um sistema documental e ainda um site que vai apresentar toda a parte da história da entidade”, diz o docente.

O Corpo de Bombeiros comemora em 2020 o centenário, oportunidade em que fará o lançamento de um livro e um site que apresenta parte das imagens históricas, desenvolvido pelos alunos.

“O know how desenvolvido pela Unit contribui para a gestão de informação dentro do Corpo de Bombeiros”, pondera o professor Fábio Gomes.

Compartilhe: