V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Medicina: estão abertas inscrições para vestibular em Estância

Com a pandemia, os Processos Seletivos serão via nota do Enem, sendo que o de bolsas integrais segue critérios de inserção social. Inscrições até 03/7.

às 20h38
Medicina em Estância é uma realidade
Medicina em Estância é uma realidade
Compartilhe:

Por Raquel Passos

A partir de hoje, 22, o município sergipano de Estância não será mais o mesmo. A cidade no centro-sul do Estado receberá estudantes de Medicina ainda no segundo semestre de 2020. A oferta do curso será por parte da Universidade Tiradentes, que possui Campus há 17 anos na cidade. 

O Ministério da Educação acaba de publicar no DOU a Portaria nº 173, de 12 de junho de 2020, autorizando o início das atividades acadêmicas do curso de Medicina no Campus Unit Estância. O período de inscrição inicia hoje mesmo e segue até dia 03 de julho. Para assegurar a saúde dos candidatos e funcionários frente à pandemia do novo coronavírus, as provas não poderão ser presenciais – até que os órgãos governamentais orientem a retomada das atividades e que dirigentes do Grupo Tiradentes compreendam que o processo terá total segurança para todos participantes.

De acordo com a Portaria nº 173 e com compromissos assumidos no edital 01/2018 do Programa Mais Médicos, serão ofertadas um total de 50 (cinquenta) vagas para o curso de Medicina no campus Unit Estância. Destas, 05 (cinco) serão destinadas aos munícipes de Estância, oriundos de escola pública, que concorrerão à concessão de bolsas integrais, conforme disposições previstas em edital específico. 

Os editais do Processo Seletivo Tradicional Notas do ENEM de Medicina – 2020.2 (45 vagas) e  do Processo Seletivo de Medicina 2020.2 – Programa de Bolsas de Estudos (05 vagas) já estarão disponíveis no site www.unit.br/regulamentos.

A implantação do curso de Medicina no campus Unit Estância tem compromissos compartilhados com a prefeitura da cidade. “O sucesso desse projeto conjunto também se dá ao apoio do prefeito Gilson Andrade que também não mediu esforços”, conclui o vice-presidente acadêmico do Grupo Tiradentes, professor Temisson José dos Santos.

Projeto pedagógico de Medicina

A proposta do projeto pedagógico dos cursos de Medicina do Grupo Tiradentes é atualizada e inovadora, baseada no método PBL – Problem-Based Learning (Aprendizagem Baseada em Problemas), que mantenha a relação ensino-aprendizagem tendo o aluno como protagonista do processo.

De acordo com o vice-presidente acadêmico do Grupo Tiradentes, professor Temisson José dos Santos, a oferta do curso de Medicina em Estância contribuirá no futuro para aumentar e qualificar o atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS) da região.

“Nesta grande parceria público-privada, deveremos capacitar os profissionais que já atuam no Sistema Único de Saúde da região. O corpo docente da Universidade Tiradentes estará na linha de frente, formando novos profissionais e, junto com os alunos e os funcionários públicos (assistentes, enfermeiros, médicos e outros), contribuindo com o sistema de saúde para a comunidade ser assistida da melhor forma”, conta. “Deixo aqui o registro de nosso agradecimento ao prefeito Gilson Andrade pelo compromisso da gestão municipal em favor do projeto”, conclui.

Vale ressaltar que a implantação de programas de residências médicas é parte do plano de ação vinculado ao curso e também contribuirão com o desenvolvimento do município sergipano (e região) devido à forte inserção de médicos no sistema público de saúde local. “Desde o início do curso teremos o compromisso de construir os programas de residências para atrair profissionais médicos residentes, que serão recebidos em Estância para prestar serviços nos hospitais que suportarão os programas de residências.  Essa ação minimizará a carência de qualidade e fará toda diferença”, informa o vice-presidente acadêmico. 

Porém, em função das restrições impostas por autoridades públicas, as aulas teóricas ocorrerão ao vivo, por meio do Google for Education, enquanto o cenário de pandemia do novo coronavírus perdurar, metodologia pautada na portaria MEC nº544 que disciplina e orienta as instituições de ensino superior do país a realizarem aulas virtualizadas até 31 de dezembro de 2020. Assim, a Unit segue preservando a vida de todos ao tempo que contribui com a realização do sonho da graduação de milhares de alunos. 

Compartilhe: