V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Mesmo virtualmente, Grupo Tiradentes está de portas abertas

O projeto Portas Abertas estreita relações das unidades do grupo com alunos e professores do Ensino Médio; visitas e aulas virtuais apresentam o ambiente e a formação

às 19h50
Atividades do Portas Abertas, como aulões, feiras e palestras com alunos, passaram a ser feitas virtualmente
Atividades do Portas Abertas, como aulões, feiras e palestras com alunos, passaram a ser feitas virtualmente
foto tirada antes da pandemia
foto tirada antes da pandemia
Compartilhe:

Quem estuda no ensino médio vive a expectativa de passar no vestibular ou no Enem, com o objetivo de fazer um curso superior. Uma curiosidade que ajuda na preparação para os exames é a vida e a rotina no campus: como são feitos os cursos, como acontecem as aulas, o que é ensinado, possibilidades de estágio. Uma forma de saciar essa curiosidade dos futuros universitários é o Portas Abertas, um projeto de relacionamento no qual as unidades do Grupo Tiradentes são apresentadas a estudantes do ensino médio, que também conhecem sobre o que se vive no ensino superior. 

O projeto envolve principalmente visitas e atividades de interação destas escolas e ‘cursinhos’ pré-vestibular com estudantes e professores de escolas do Ensino Médio aos campi da Universidade Tiradentes (Unit Sergipe), dos Centros Universitários Tiradentes (Units Alagoas e Pernambuco), da Faculdade Tiradentes (Fits) e da Faculdade São Luís de França (FSLF). “Fortalecer laços entre as faculdades e as escolas, com vistas ao entendimento de que continuidade dos estudos é capaz de mudar as realidades que se apresentam, é o principal objetivo”, diz a professora Sara Rogéria Barbosa, coordenadora pedagógica do Curso de Letras e gestora do Portas Abertas na FSLF. 

Antes da pandemia, essas visitas eram presenciais e, na oportunidade, eram ministrados os chamados “aulões”, com professores das próprias unidades, e também oficinas de redação, feira de profissões, teste vocacional, palestras sobre empregabilidade e competências socioemocionais, entre outras ações que colocam o aluno em contato com a unidade de ensino e as áreas de atuação. 

“O Portas Abertas acontece com a atuação dos consultores comerciais em parceria com os representantes dos nossos cursos. Realizamos visitas às dependências escolares para traçar o plano de atividades de acordo com cada realidade. O relacionamento com a escola acontece também por meio de bate papo, atividades presenciais ou online, e continuam durante todo o ano com alunos dos 1º, 2º e 3º anos”, explica a gerente comercial da Unit Sergipe, Adênia Santos Andrade. Ainda de acordo com ela, o objetivo dos contatos é conhecer o perfil dos alunos e identificar desejo pela área de atuação, realizando junto com os candidatos, ao final de cada ano, as inscrições nos processos seletivos.

Com a pandemia, o Portas Abertas apostou nas lives e aulas virtuais, com todas as atividades de contato com alunos feitas por meio do Google Meet. “Temos levado não só o conhecimento específico e técnico de cada área, mas também promovido rodas de conversa onde os alunos expressam suas angústias quanto a todo esse cenário que estamos vivendo. Nesses encontros além de todo esse suporte psicológico, temos continuado a levar também todo o suporte sobre a importância da escolha assertiva de sua profissão”, destacou o coordenador comercial da Unit Alagoas, André Ildefonso de Oliveira, pontuando que as atividades presenciais deverão ser retomadas após a pandemia. “Aguardamos ansiosos pelo retorno desses momentos, que são os mais desejados por esses jovens, principalmente para aqueles que nunca sonharam em sequer adentrar os portões de uma universidade por diversos fatores”, afirma ele.

Asscom | Grupo Tiradentes 

 

Compartilhe: