V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Mestrandos discutem temas relacionados a educação


às 21h51
A convidada destaca o tema da sua pesquisa
A convidada destaca o tema da sua pesquisa
Grupo de pesquisa da professora Simone Amorim
O professor Cristiano Ferronato e o mestrando Josué Alves
Compartilhe:

Egresso da licenciatura em Educação Física, o acadêmico da Unit Josué dos Santos Alves se diz atualmente empolgado com a experiência na condição de aluno no mestrado em Educação. Apaixonado por pesquisas e buscando entender cada vez mais as relações estabelecidas por meio do protestantismo, ele considera relevante a importância de entender outras religiões.

“Participar dessa discussão que trata do tema ‘Pedagogia do convento: oportunidades e limites da formação religiosa feminina’ representa um acréscimo substancial de informações para a minha dissertação”, diz Josué.

Nesse sentido, o tema tratado pela doutora em Educação e professora da rede pública de ensino em Sergipe Josineide Siqueira de Santana dialoga com o assunto dos mestrandos da Unit, consubstanciando sua linha de pesquisa em educação.

“O intuito é sair um pouco da ideia de que as mulheres que vão para convento ou outras instituições não têm acesso a educação. Nosso intuito é mostrar as possibilidades de formação para as mulheres religiosas”, diz a professora Josineide, lembrando que sua pesquisa revelou a existência de um grande investimento no tocante às mulheres. “O âmbito da sua pesquisa abrangeu Sergipe e Bahia”, acrescenta a professora, lembrando que pegou como referência uma congregação em Portugal para fazer uma comparação. 

O resultado dessa comparação entre as religiosas da Imaculada Conceição revela um momento de convergência entre as congregações, seguido de desencontros ao longo do caminho.

O coordenador do mestrado em Educação, professor Cristiano Ferronato, lembra que as sextas-feiras são dedicadas para as reuniões dos grupos de pesquisa. “As discussões são feitas a partir do viés da educação, para que possamos entender os seus movimentos”, explica.

Para a professora Simone Amorim, que é líder do grupo de pesquisa intitulado “Educação e sociedade: sujeitos e práticas educativas”, os grupos de pesquisa têm uma força muito grande na produção de ciência e no desenvolvimento do pensamento crítico, de análise e compreensão do mundo globalizado.

“Os nossos alunos precisam ter essa compreensão para que compreendam aspectos da educação não apenas na esfera local e, sim, global”, salientou a professora Simone durante o encontro do seu grupo de pesquisa realizado também na tarde dessa sexta-feira, 23. Seus alunos discutiram o tópico da cultura do livro “A Ideia de Cultura” de Terry Eagleton. Para a docente, a análise da obra é essencial para a compreensão do contexto educacional e para o entendimento do comportamento humano na sociedade.

Compartilhe: