V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Mitos e verdades do sucesso profissional na fisioterapia é tema de live

Durante a 21ª Semana de Fisioterapia, o especialista Gustavo Pilon falou sobre o tema, apontando para a reflexão do aluno ainda na graduação

às 20h54
Gustavo Pilon, especialista em Traumato-Ortopedia, Acupuntura e Quiropraxia.
Gustavo Pilon, especialista em Traumato-Ortopedia, Acupuntura e Quiropraxia.
A professora do curso, Andrea Vasconcelos Machado.
Compartilhe:

“Fisioterapia de sucesso: será que existe e é possível?”. Segundo Gustavo Pilon, especialista em Traumato-Ortopedia, Acupuntura e Quiropraxia, esse é o principal questionamento de muitas pessoas quando pensam na área como profissão. Por isso, o especialista abordou o tema durante a abertura da 21ª Semana de Fisioterapia da Universidade Tiradentes (Unit).

Os passos para alcançar o reconhecimento são dados em momentos que começam ainda na graduação, pois, segundo ele, o valor do profissional consiste no caminho que construiu. Um ponto importante para avaliar o sucesso é se questionar enquanto estudante: “se você já estivesse formado e atendendo, compraria o serviço que você mesmo vende?” ou “a qual colega ao seu redor você entregaria o seu pai ou a sua mãe?”.

“Por trás de um fisioterapeuta formado existem quatro ou cinco anos de estudos. São mais de 4 mil horas de estudos, dedicação na frente do computador e livros. Então, você tem um nível de aprimoramento e tem que se valorizar. É isso que vai fazer a diferença”, complementou Pilon.

O especialista levantou ainda outro questionamento. “Afinal, o que é ter sucesso na profissão? É o cara andar de carrão? É ele ter dinheiro para ficar postando as fotos bonitas pelo Instagram, fazer a vitrine social que muitos enxergam que aquilo é um sucesso ou o sucesso é um reconhecimento? Ou o sucesso é onde a pessoa pisa tem gente querendo conversar com ela? E assim, cada um tem as suas referências de sucesso. Mas uma coisa é certa: sucesso não é um fato real. Sucesso é uma opinião de alguém por sobre outra pessoa. Ninguém compra o sucesso, todo mundo desenvolve um processo”, enfatizou o especialista.

Corroborando com as palavras do palestrante, a professora do curso, Andrea Vasconcelos Machado citou o livro As Sete Leis Universais do Sucesso, de Brian Tracy. “Ele fala que a gente colhe aquilo que a gente planta. Por isso, eu sempre falo que ‘jornada’ é um momento muito importante na formação acadêmica do aluno. A graduação faz parte da construção da profissão. Então, é uma oportunidade do estudante vivenciar diversas áreas da fisioterapia, às vezes áreas que nem sequer pensou em atuar. No momento da jornada, estamos plantando conhecimento para colher um futuro profissional brilhante”, expôs.

Confira a palestra completa de Gustavo Pilon na Semana de Fisioterapia no Youtube.

 

Leia também: O papel da Fisioterapia nas disfunções do assoalho pélvico

Compartilhe: