V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Modelagem da Informação da Construção otimiza tempo e custos do setor

O chamado “conceito BIM”, que otimiza a organização de informações sobre uma obra, é tendência para o futuro dos projetos de Engenharia Civil e Arquitetura

às 19h08
Um projeto concebido em BIM promove maior colaboração de dados entre os participantes nos processos de construção (Reprodução)
Um projeto concebido em BIM promove maior colaboração de dados entre os participantes nos processos de construção (Reprodução)
Compartilhe:

A Modelagem da Informação da Construção ou, no idioma original, Building Information Modeling (BIM), representa atualmente uma forte tendência nos setores da Engenharia Civil e da Arquitetura e Urbanismo. Projetos construtivos que já utilizam a ferramenta conseguem trabalhar com informações detalhadas e compartilhadas entre todos os envolvidos na obra, otimizando tempo e custos.

De engenheiros e arquitetos até os responsáveis pelo setor de compras de materiais e insumos, todos os profissionais envolvidos na execução de um projeto têm acesso aos dados, podendo acrescentar informações e conferir as atualizações do andamento da obra num mesmo arquivo, por meio de software. Essa integração operacional é uma das principais características do BIM.

É possível extrair informações de acordo com as necessidades de cada setor, e assim poder tomar melhores decisões. Sem contar que toda e qualquer alteração que os profissionais fizerem no modelo será processada em tempo real, de forma automatizada, gerando economia de tempo e de recursos.  

Colaboração de informações

A tecnologia permite organizar o máximo possível de informações para serem utilizadas em empreendimentos sucessivos de uma mesma empresa, sem que seja preciso elaborar vários documentos para planejar e acompanhar a execução de cada obra. Todas as informações ficam consolidadas em uma mesma plataforma, tornando essa parte do trabalho mais prática.

No projeto, é possível especificar além das medidas e dimensões, o material a ser empregado, o seu fabricante, propriedades térmicas e acústicas, custos envolvidos, entre outras informações. As informações sobre instalações hidráulicas e elétricas, quantidade de insumos e mão de obra necessários também estão disponibilizadas no momento da execução dos trabalhos.

Vantagens

Um projeto concebido em BIM reúne as diferentes partes que constituem o planejamento de uma construção. Desta forma, promove maior colaboração de dados entre os participantes nos processos de construção. Com tamanha capacidade de planejamento, uma empresa da construção civil pode programar as atividades da obra com muito mais segurança. 

Outro diferencial é a aplicação da modelagem BIM à da tecnologia 3D, que além de uma visualização de um modelo, passa a dispor de outras informações que acrescentam funcionalidades ao trabalho de outros profissionais, além dos projetistas. As tecnologias que utilizam BIM fornecem recursos para que a visualização prévia das edificações fique ainda mais apurada, permitindo planejamentos ainda mais precisos.

A Engenharia Civil e a Arquitetura, que sofrem contínua evolução com o uso de softwares e ferramentas como AutoCAD, também verão estes programas incorporar as funcionalidades da BIM, assim como outras inovações que devem aparecer para aproveitar tudo o que este conceito tem a oferecer ao setor e aos profissionais do ramo. 

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: