V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Mutirão do Limpa Nome: mais de 600 acordos em dois dias de campanha

A iniciativa segue até a próxima sexta-feira, 23, no Campus Centro da Universidade Tiradentes

às 11h03
Compartilhe:

“Ninguém gosta de ficar com nome sujo. Sempre tive vontade de negociar minha dívida, inclusive tentei de outras formas, e nunca tinha conseguido chegar no valor que cabia no meu orçamento. Quando soube desse mutirão, não pensei duas vezes e saio muito satisfeito com meu acordo. Consegui fazer uma grande negociação”, comentou Miguel Rocha. A dívida foi obtida após um caso de desemprego na família há quase dois anos. Na última terça-feira, 21, Miguel esteve no Mutirão do Limpa Nome e conseguiu negociar sua dívida.

A iniciativa realizada pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos – Nupemec – do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE), em parceria com a Universidade Tiradentes (Unit), tem como objetivo realizar negociações e renegociações entre  consumidores e empresas. O Mutirão do Limpa Nome iniciou na manhã da última segunda-feira, 19 e segue até amanhã, dia 23, das 8h às 16h, no Campus Centro da Unit.

De acordo com a Chefe da Divisão Operacional e Administrativa do Nupemec, Carla Maria Franco, o TJSE está preparando o Mutirão desde julho e negociando com as empresas os descontos a serem oferecidos aos devedores. “Além dos benefícios das negociações, o Limpa Nome dissemina a cultura do diálogo. Os alunos do curso de Direito também estão presentes para tirar dúvidas dos consumidores, para que eles entendam as questões de juros e da negociação em si. O importante é que as pessoas, após a oportunidade de acordo, poderão no final do ano readquirir os seus créditos no mercado”, explicou a servidora.

“Esta é uma parceria muito importante em respeito ao próprio acordo de cooperação que existe entre as instituições. Uma iniciativa como esta fortalece o curso de Direito da Unit porque alia a teoria dos bancos acadêmicos à vivência de negociação, ao direito do consumidor”, comenta o professor Charles Albert Garcia, coordenador do Núcleo de Práticas Jurídicas da Unit.

Entre as empresas participantes estão o Banese, Banese Card, Energisa Deso e Gbarbosa/Cencosud. Até a última terça-feira, mais de 600 acordos já haviam sido firmados. O evento é exclusivo para as negociações não podendo ser realizado nenhum outro tipo de serviço como cadastro de usuários, mudança de endereços, emissão de faturas, entre outros.  Além das empresas, a Câmara de Dirigentes Lojistas também participa do evento fazendo consultas sobre negativação no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

 

 

Com informações do TJSE

Compartilhe: