V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Ninota Garcia retoma atendimentos em 2022

Na clínica-escola, os estudantes de fisioterapia atendem beneficiários do SUS, Petrobrás, Vale, Plamed, Correios e Capesaúde.

às 11h43
Os atendimentos de 2022 no Centro de Educação e Saúde Ninota Garcia foram retomados.
Os atendimentos de 2022 no Centro de Educação e Saúde Ninota Garcia foram retomados.
O responsável técnico do Ninota, Rodrigo de Faro Silva.
Compartilhe:

Os atendimentos de 2022 no Centro de Educação e Saúde Ninota Garcia foram retomados. Durante o auge da pandemia de Covid-19, a clínica-escola da Universidade Tiradentes (Unit) manteve somente os atendimentos prioritários e de urgência. O centro é usado para estágio curricular pelos acadêmicos do curso de Fisioterapia, complementando sua formação por meio de atividades de observação, atendimento individual e prática supervisionada.

De acordo com o responsável técnico do Ninota, Rodrigo de Faro Silva, ainda há protocolos a serem seguidos para proteger os estudantes e profissionais que atuam no local. “Os alunos estão tendo boa adaptação, sendo orientados em casos de dúvidas, fazendo o uso devido dos equipamentos de proteção individuais [EPI] e seguindo as regras de biossegurança fornecidas pela instituição”, disse.

O centro de saúde recebe pacientes encaminhados por médicos e serviços de saúde da capital e Grande Aracaju. Há um contingente de atendimentos particulares e de convênios, mas em sua grande maioria, os usuários são Sistema Único de Saúde (SUS). Por isso, é tão importante para a manutenção da saúde pública. Além disso, possui parceria com os convênios da Petrobras, Vale, Plamed, Correios e Capesaúde.

Trata-se de uma clínica que tem convênio com o SUS e que possui um atendimento de alta qualidade, através de atendimentos com fisioterapeutas, estagiários orientados por professores capacitados, além de um grande suporte fornecido pela assistente social. A aceitação da população está sendo excelente. A clínica sempre foi referência na qualidade da fisioterapia e na humanização, além do respeito com todas as normas de biossegurança”, explicou Rodrigo.

Para os estudantes, a atuação no Ninota é importante para a formação prática na profissão. “Além de contar com uma experiência profissional importante, a clínica contribui para que os alunos conheçam as boas práticas para um atendimento humanizado, estabelecer uma relação de confiança e respeito com os pacientes, além de favorecer o aprendizado do trabalho em equipe. Dessa forma, a clínica tem ajudado quem precisa de serviços de saúde e auxiliado na qualificação de profissionais”, afirmou.

 

Leia também: Fisioterapia: área conta com prática em campo desde os primeiros períodos

Compartilhe: