V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Novo bloco do campus Unit Estância deve ficar pronto em 2022

Curso de Medicina da Unit em Estância ganhará novo bloco com 6.257,69 m², que contemplará novos laboratórios, biblioteca e salas de aula.

às 21h18
Diretora Adriana Rocha
Compartilhe:

Por Raquel Passos

Depois de pouco mais de um ano de implantação do curso de Medicina no campus Estância da Universidade Tiradentes – Unit -, a instituição prepara uma estrutura de ponta na região Sul de Sergipe. A obra com 6.257,69 metros quadrados vai se transformar em um moderno bloco do campus, oferecendo 16 laboratórios, além de quatro salas de aula, biblioteca e área administrativa. Toda estrutura foi pensada para receber, formar e preparar futuros médicos.

A diretora do campus Unit Estância, professora Adriana Rocha, detalha com entusiasmo o avançar da obra. “A estrutura é muito moderna e ampla com laboratórios de saúde impecáveis para o ensino-aprendizagem de qualidade. O novo bloco, com térreo e dois andares, além de salas de aulas, laboratórios de habilidades clínicas e cirúrgicas, também terá os de gestão da saúde, anatomia e laboratório da família”, conta.

A previsão é que em 2022 a obra seja finalizada e o novo bloco seja dedicado exclusivamente para receber os alunos de Medicina. “Com esse novo bloco, conseguimos dar mais conforto aos alunos, montar estruturas de sala de aula, centro cirúrgico, simulação realística. Claro que já temos tudo para suprir a necessidade dos primeiros dois anos de curso. Para os anos seguintes, vamos precisar de salas mais especializadas como as que serão inauguradas em 2022. Acredito que essa obra trará melhorias não só para o curso de Medicina, mas também para os demais cursos da Saúde que, num futuro próximo, com certeza, virão para o campus Unit Estância”, avisa a diretora.

De acordo com o coordenador de obras do Departamento de Infraestrutura e Manutenção do Grupo Tiradentes, João Trindade, a obra ficou um tempo paralisada em virtude da pandemia. “O Ministério Público do Trabalho expediu uma liminar pedindo para suspender as atividades por cerca de dois meses, devido à pandemia, retornando em novembro de 2020 e a previsão de entrega da obra é no primeiro semestre de 2022”, afirma João Trindade.

Campus Unit Estância

Há 17 anos, a Universidade Tiradentes faz parte da história do município de Estância. Em 2020, consolidou o curso de Medicina na região centro sul de Sergipe com a inédita iniciativa de um edital que contemplou cinco estudantes de escolas públicas do município, com bolsas integrais de estudo. 

Atualmente, os alunos do curso já usufruem de excelentes instalações no prédio atual do campus Unit Estância. “São dois blocos específicos para a área da Saúde, sendo um somente para Medicina. Os alunos das duas turmas de Medicina já estão realizando as aulas práticas nos laboratórios e esperamos que, com o controle da pandemia, possamos retornar, tão logo, às aulas presenciais com saúde e segurança”, acredita a diretora do campus Unit Estância, Adriana Rocha.

De acordo com a Portaria nº 173 do Ministério da Educação, e com compromissos assumidos no edital 01/2018 do Programa Mais Médicos, 10% das vagas são destinadas aos munícipes de Estância, oriundos de escola pública, que concorrerão à concessão de bolsas integrais, conforme disposições previstas em edital específico. 

A implantação do curso de Medicina no campus Unit Estância tem compromissos compartilhados com a prefeitura da cidade. “O sucesso desse projeto conjunto também se dá ao apoio do prefeito Gilson Andrade que também não mediu esforços”, conclui o vice-presidente acadêmico do Grupo Tiradentes, professor Temisson José dos Santos.

Projeto pedagógico de Medicina

A proposta do projeto pedagógico dos cursos de Medicina do Grupo Tiradentes é atualizada e inovadora, baseada no método PBL – Problem-Based Learning (Aprendizagem Baseada em Problemas), que mantenha a relação ensino-aprendizagem tendo o aluno como protagonista do processo.

Vale ressaltar que a implantação de programas de residências médicas é parte do plano de ação vinculado ao curso e também contribuirá com o desenvolvimento do município sergipano (e região) devido à forte inserção de médicos no sistema público de saúde local. “Desde o início do curso teremos o compromisso de construir os programas de residências para atrair profissionais médicos residentes, que serão recebidos em Estância para prestar serviços nos hospitais que suportarão os programas de residências.  Essa ação minimizará a carência de qualidade e fará toda diferença”, informa o vice-presidente acadêmico. 

Porém, em função das restrições impostas pelas autoridades públicas, as aulas teóricas têm ocorrido ao vivo, por meio do Google for Education, enquanto o cenário de pandemia do novo coronavírus perdurar.

 

Leia mais: Medicina: egressos de escolas públicas de Estância são contemplados com bolsas integrais de estudos

 

Compartilhe: