V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Novo trabalho de Caetano e Tom Veloso leva o Grammy Latino

‘Talvez’, single cantado por pai e filho, foi premiado na categoria “Gravação do Ano”, concorrendo com músicas de artistas como Marc Anthony.

às 14h35
A gravação de Caetano Veloso com o filho Tom promove o samba-canção de aura vintage, cantado por pai e filho com devoção à bossa nova (Aline Fonseca/Divulgação)
A gravação de Caetano Veloso com o filho Tom promove o samba-canção de aura vintage, cantado por pai e filho com devoção à bossa nova (Aline Fonseca/Divulgação)
Compartilhe:

Composto pelo violonista Cezar Mendes em parceria com Tom Veloso e gravado por Caetano Veloso e Tom, o single intitulado Talvez, rendeu a Caetano e a Tom o Grammy Latino 2021 na categoria “Gravação do Ano”, uma das três mais importantes do prêmio ao lado de “Álbum do Ano” e “Canção do Ano”.

Essas são as únicas categorias que colocam indicados e, sobretudo, vencedores em evidência em todo o universo pop. Vale ressaltar que, em algumas edições anteriores da premiação, o Brasil sequer teve um artista indicado nessas três categorias.

A premiação foi entregue aos músicos brasileiros na 22ª edição do Grammy Latino, em cerimônia realizada no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA). Neste ano, Caetano e o filho Tom Veloso foram indicados ao lado de artistas como Camilo, Marc Anthony, Pablo Alborán, Paula Arenas e Andrés Calamaro, que fez dueto com o veterano Julio Iglesias. 

Segundo especialistas da área musical entrevistados para Amoroso, a recém-lançada biografia de João Gilberto (1931-2019),  o papa da bossa nova, se encantou com “Talvez” quando Cezar Mendes lhe mostrou o samba-canção.

A vitória de Talvez, fez a diferença para o Brasil no Grammy Latino 2021 e promove o samba-canção de aura vintage, cantado por pai e filho com devoção à bossa nova, em gravação formatada com produção musical e arranjo de Mário Adnet. Além dos toques dos músicos Antonio Neves (bateria), Jorge Helder (baixo) e Marcos Nimirichter (piano), que contribuíram para valorizar o fonograma mixado e masterizado por Daniel Carvalho. 

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: