V E S T I B U L A R UNIT
MENU

O papel da Psicologia na sociedade do bem-estar

Cada vez mais as pessoas querem melhorar os aspectos do bem-estar mental, emocional, social e físico

às 23h38
Busca por bem-estar e melhor qualidade de vida é um dos temas mais atuais da sociedade (Unsplash)
Busca por bem-estar e melhor qualidade de vida é um dos temas mais atuais da sociedade (Unsplash)
Compartilhe:

Às vezes, dá a impressão de que temos mais notícias sobre ansiedade e depressão do que sobre felicidade e bem-estar. Apesar disso, estes últimos aspectos nunca foram tão valorizados pela sociedade quanto em nossa época. Atualmente, as pessoas se preocupam muito mais com saúde e qualidade de vida nos aspectos mental, emocional, social e físico.

Nunca se falou tanto em bem-estar quanto hoje em dia. A expressão, que mudou conceitualmente na história, tem um sentido contemporâneo amplo, que vai impactar na percepção individual e será sempre melhor quando esses aspectos estiverem equilibrados. Neste sentido, o bem-estar humano se relaciona inclusive à questão ambiental.

Indicadores

Existe uma maior preocupação com estilo de vida, alimentação, qualidade de sono, com a busca de propósito no trabalho e um valor que faça bem para o corpo, para a mente e para o planeta. A busca por satisfação está se tornando o novo luxo e ao estudar o comportamento e as suas causas, a Psicologia aponta para possíveis indicadores de bem-estar nos diferentes contextos sociais. 

A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), quando compara o Brasil aos demais países, apresenta algumas áreas de relativa força e outras de relativa fraqueza quando o assunto é bem-estar. Um campo significativo de estudo e trabalho para os profissionais da Psicologia.

Psicologia 

Psicologicamente, o conceito de bem-estar se refere à avaliação dos pensamentos relacionados às condições de alimentação, saúde, moradia, educação e segurança. Do ponto de vista emocional, se refere à qualidade das emoções cotidianamente experimentadas, tais como tristeza e alegria, estresse e raiva, que vão refletir na percepção sobre a vida.

Profissionais da psicologia, por meio do estudo das emoções, podem atuar ensinando as pessoas em suas escolhas, visando o alcance de maior bem-estar e saúde. Com isso, os reflexos positivos podem se espalhar para outras dimensões no interior da sociedade

A chamada Psicologia positiva é uma promissora carreira, um campo que tem crescido no mundo nos últimos anos, cujas teorias do bem-estar e do florescimento englobam conceitos psicológicos que abrangem o funcionamento humano aperfeiçoado e que levam à felicidade. 

Autocuidado

No atual contexto, cuidar de si é parte do processo, com a maior dedicação de tempo e energia psíquica ao que traz felicidade. É algo que costuma dar trabalho, mas também compensação. Este assunto é tão significativo que a Organização Mundial da Saúde (OMS) criou um dia para lembrá-lo: o Dia do Autocuidado, em 24 de julho.

A data busca conscientizar e engajar as pessoas em relação ao impacto das suas ações no seu corpo, na sua mente e na sociedade. Para a instituição, se trata de um direito do cidadão que engloba diferentes pilares, como nutrição, atividade física, boa higiene, redução do consumo de álcool e fumo, bem-estar mental e o autoconhecimento, entre outros. 

Bem-estar nas empresas

Essa realidade não é apenas uma iniciativa individual. Muitas empresas contam com programas de bem-estar voltados para a valorização do funcionário, proporcionando experiências positivas no ambiente de trabalho. A preocupação com os empregados se reflete na maior produtividade e sucesso da corporação.

Práticas como estas são igualmente um campo de trabalho para a psicologia, até mesmo porque distúrbios como depressão e ansiedade estão entre as maiores causas de afastamento do trabalhador, e ações positivas colaboram para um maior nível de confiança do time, gerando melhor desempenho e retenção do principal recurso de uma empresa, que são as pessoas.  

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: