V E S T I B U L A R UNIT
MENU

O tom azul do novembro

Durante todo este mês, os homens podem fazer exames preventivos com preços promocionais no DeCós

às 18h23
A campanha que pega carona na trilha do Outubro Rosa oferece ao homem informações detalhadas sobre pequenas atitudes que podem fazer a diferença 
Compartilhe:

O DeCós Day Hospital aderiu à campanha Novembro Azul e durante todo o mês de novembro oferece descontos e vantagens para pacientes que necessitam de atendimento especializado em Urologia e não dispõem de plano de saúde.

Segundo afirma o urologista Fábio Quintiliano e Lima, as patologias mais frequentes no homem são ocasionadas pela próstata e se revelam por meio de inflamações, aumento no tamanho (fato que leva à compressão do canal da uretra, comprometendo a boa qualidade de vida) e até o câncer, cuja incidência é bastante elevada, sendo o fator que mais preocupa o homem e os profissionais da saúde.  A campanha Novembro Azul, portanto, tem o objetivo de sensibilizar a população masculina para a prevenção de uma doença que pode ser fatal se não detectada logo no início.

“O câncer de próstata é o mais frequente nos homens, perdendo apenas para o câncer de pele, que acomete especialmente pacientes brancos que se expõem excessivamente ao sol”, salienta o médico reconhecendo que, apesar do alto índice, o câncer de próstata não é o que mais leva a óbito, se diagnosticado precocemente. Mesmo com a grande frequência desse tipo de câncer, é possível tratar o paciente em razão do bom prognóstico.

“É o que chamamos de rastreamento e este só pode ser feito a partir de um exame simples chamado PSA (coleta sanguínea) e toque retal.  Fazendo esse rastreamento conseguimos diminuir a incidência em torno de 27% da mortalidade dos pacientes que terão câncer de próstata”, explica o especialista.

 

Aonde atua o profissional

A Urologia é uma especialidade médica que cuida das vias urinárias de homens, mulheres e crianças que apresentam alterações nos rins, bexiga, uretra e vias urinárias. No caso dos homens, é o urologista o profissional habilitado a tratar, também, da genitália externa (testículo, bolsa testicular e pênis).

Graças a campanhas como o Novembro Azul, os homens estão mais conscientes da necessidade da prevenção. “De cada dez pacientes, apenas um (em média) não aceita fazer o toque retal, que é um exame indolor e rápido”, conclui o doutor Fábio.

Compartilhe: