V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Odontologia ganha versatilidade com novos procedimentos da área

Do clareamento à harmonização facial, atuar como cirurgião-dentista vai muito além da manutenção e limpeza da dentição

às 21h15
Procedimentos de tratamento ou estéticos são realizados por profissionais de Odontologia devidamente capacitados (Caroline LM/Unsplash)
Procedimentos de tratamento ou estéticos são realizados por profissionais de Odontologia devidamente capacitados (Caroline LM/Unsplash)
Compartilhe:

Dentes brancos e saudáveis já não são os únicos benefícios que se alcançam com a ajuda do profissional de Odontologia. Clareamento dental, plástica nas gengivas, queixo alargado, entre outras, são técnicas da odontologia para harmonização facial, assunto em alta hoje em dia. Mas os cuidados básicos, como limpeza e restauração, ainda são fundamentais. 

Do sorriso saudável à preocupação estética facial, o cirurgião-dentista está atento às tendências e oportunidades do mercado. Seu foco é tanto naquilo que o paciente deseja quanto, sobretudo, no que ele realmente precisa para a sua saúde. No momento da prevenção, tratamento, recuperação e reabilitação da saúde da boca, é preciso um profissional qualificado para cuidar de uma área tão sensível. 

O que se estuda 

Em permanente evolução, a Odontologia mantém o seu prestígio ao longo dos anos e as novas tecnologias e métodos têm contribuído para diminuir aquele medo que muitas pessoas ainda têm de sentar em sua cadeira. De uma forma mais ampla, a graduação em Odontologia tem o objetivo de formar profissionais capazes de cuidar da estrutura bucomaxilofacial do paciente. Por lidar com essa parte específica do corpo humano, o cirurgião-dentista precisa de habilidade manual para a utilização de diferentes instrumentos de trabalho.

Um bom curso de formação deve capacitar o aluno para realizar tanto exames quanto os procedimentos de correção, de acordo com as necessidades. Por ser um profissional da saúde, vai dedicar-se ao estudo de matérias como Biologia, Química e Física, além de áreas de suporte como é o caso da Psicologia e da Pedagogia.

Mercado de trabalho

Após formado, o profissional pode atuar tanto em serviços públicos de saúde, clínicas e hospitais com convênios particulares, além de ser empreendedor, abrindo o próprio consultório. Para escolher qual ramo seguir, uma especialização ou pós-graduação são sempre bem-vindos. 

Diversas são as áreas para se especializar, tais como Dentística, Ortodontia, periodontia, implantodontia, dor orofacial, disfunção temporofacial, odontologia do trabalho, dentre outras, voltadas para públicos específicos da população, da criança ao idoso.  É importante que o cirurgião-dentista busque por especializações logo após a formação universitária.

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: