V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Paimi comemora mês do folclore com atividades lúdicas

Senhoras do Programa de Assistência Integral a Melhor Idade realizam dinâmicas com 160 crianças na Nossa Escola

às 17h48
Aproximadamente 160 crianças participam da atividade
Aproximadamente 160 crianças participam da atividade
Paimi comemora mês do folclore com apresentação na Nossa Escola
Compartilhe:
Paimi comemora mês do folclore com apresentação na Nossa Escola

Paimi comemora mês do folclore com apresentação na Nossa Escola

Aproximadamente 160 crianças do ensino fundamental do colégio Nossa Escola participaram na manhã desta segunda-feira, 18 de agosto, de um momento especial. Através de dinâmicas e muitas brincadeiras, os alunos resgataram lendas, cânticos e símbolos do folclore brasileiro.

A atividade, em alusão ao mês em que se comemora o Folclore, foi organizada pela Coordenação do Programa de Assistência Integral a Melhor Idade – Paimi – da Universidade Tiradentes. Na apresentação do grupo de dança do Paimi, as senhoras lembram a figura do santo casamenteiro com a dança ‘Santo Antônio Também Casa’. “Apresentamos de forma bem lúdica o casamento caipira com brincadeiras e interação com o público”, explica o coreógrafo do grupo, Hamilton Marques.

“Queremos conservar nossas raízes. E buscamos junto a essas idosas as brincadeiras de crianças e danças que elas vivenciaram. Através da representação delas, as crianças poderão ver um pouco do nosso folclore”, explica a coordenadora do Paimi, Zulnara Mota.

Há 15 anos participando das atividades do Programa, Maria de Lourdes Nunes Vasconcelos aprova a iniciativa. Para ela é um momento de pura descontração. “Gosto muito de fazer teatro e me realizo participando dessas atividades. Em todo este tempo de Paimi minha autoestima e saúde melhoraram muito”, pontua Maria de Lourdes.

Aproximadamente 160 crianças participam da atividade

Aproximadamente 160 crianças participam da atividade

O canto e a dança chamaram atenção e mobilizaram diversas crianças durante a apresentação. Para a coordenadora do ensino fundamental 1 da instituição, Sheilla Virginia da Silva, a atividade complementa o aprendizado dos estudantes. “As crianças precisam ampliar a vivência da nossa cultura. E os idosos têm esse papel, de dar continuidade a esse conhecimento. E esses alunos só poderão ver o que é construído ao longo de várias gerações, com essa convivência interativa”, salienta.

Moama Mangueira Mota de 11 anos foi uma das alunas atenta às brincadeiras. “Achei muito legal porque aprendemos melhor coisas sobre a cultura e as pessoas”, conclui.

PAIMI E FOLCLORE

Desde o início de agosto, o Programa de Assistência Integral a Melhor Idade realiza brincadeiras populares, danças e uma série de atividades sobre o Folclore. Amanhã, terça-feira 19 de agosto, às 14h30, as senhoras participarão de palestras e oficinas de artes populares no Arquivo Público Municipal. Já nos dias 25 e 26, as idosas participarão da oficina ‘Diálogo e Reflexão’ com foco na cultura popular sergipana. A oficina será realizada às 14h30 no Campus Aracaju Farolândia, sala 6, bloco C.

Fotos: Marcelo Freitas

 

Compartilhe: