V E S T I B U L A R UNIT
MENU

PEP concede título de doutoramento

Pós-Graduação de Engenharia de Processos concede terceiro título de doutoramento a aluno do Programa

às 13h04
Compartilhe:
Daniel Pereira, Cesar Costapinto, Álvaro Lima, Gustavo Cardoso, João Coutinho, Alini Tinoco, Claudio Dariva e Cleide Mara

Daniel Pereira, Cesar Costapinto, Álvaro Lima, Gustavo Cardoso, João Coutinho, Alini Tinoco, Claudio Dariva e Cleide Mara

‘Desenvolvimento de Novos Sistemas Aquosos Bifásicos Compostos por Acetonitrila para a Extração de Vanilina’ foi o tema da dissertação de doutorado defendida por Gustavo de Brito Cardoso, no Programa de Engenharia de Processos – PEP – da Universidade Tiradentes, nessa segunda-feira, 16 de dezembro. A banca examinadora contou com a participação dos professores do PEP, os orientadores Dr. Álvaro Silva Lima e Dr.ª Cleide Mara Faria Soares; Dr. Claudio Dariva; da professora do Programa de Biotecnologia Industrial Dr.ª Alini Tinoco Fricks; do Dr. Daniel Pereira da Silva, da Universidade Federal de Sergipe; e do Dr. João Manuel da Costa e Araújo Pereira Coutinho, da Universidade de Aveiro, em Portugal; além de estudantes e docentes.

“O sistema aquoso bifásico é uma nova técnica de separação de biomoléculas e é aplicada em diversos tipos de indústrias, como por exemplo, médica, farmacêutica, de alimentos, dentre outras. E ela traz algumas vantagens perante as técnicas tradicionais utilizadas atualmente. Como baixo custo, elevada quantidade de água, o que traz uma característica não desnaturante às biomoléculas e uma contribuição ambiental, porque não gera resíduos tóxicos ao meio ambiente”, explica Gustavo de Brito.

Embora a pesquisa tenha sido realizada em parceria com outras instituições, a exemplo de Portugal, 90% da pesquisa foi realizada na Universidade Tiradentes. A metodologia do trabalho incluiu revisões bibliográficas, resultados obtidos e as formas de discussões da pesquisa. Disciplina que rendeu a Gustavo a conclusão do doutorado em três anos, um ano a menos do prazo dado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes. “Foram quatro artigos. Já temos um publicado, dois aceitos e um pronto para ser enviado. Foi a dedicação ao trabalho e a cooperação do grupo para conseguir este resultado”, ressalta Gustavo.

Segundo a professora e também orientadora de Gustavo, Dr.ª Cleide Mara, o trabalho de pesquisa do aluno está entre os melhores. “Quanto a produção científica ele está com dois artigos Qualis A1 em revista internacional. Mostra a qualidade da tese dele e a qualidade do programa”, afirma.

O acadêmico ingressou na Universidade Tiradentes há mais de dez anos e construiu sua trajetória profissional na instituição. Começou no curso de Engenharia Ambiental, seguiu para a especialização em Segurança no Trabalho, cursou o Mestrado em Engenharia de Processos e, este mês, conclui seu doutorado. Agora, Gustavo de Brito almeja lecionar no ensino superior. “Agora quero me preparar para estar no meio acadêmico dando aulas. É o que eu desejo desde o início”, conclui o recém-doutor.

Para o coordenador do Programa de Engenharia de Processos da Unit, Dr. Álvaro Silva Lima, o PEP cresce a cada ano. “Representa a evolução do programa. Mostra todos os convênios que fazemos, a participação da equipe e de professores de fora, além do cuidado com que defendemos as teses”, ressalta o coordenador. Atualmente, o Programa possui 37 alunos, sendo que a primeira turma de doutoramento fará a defesa das teses em fevereiro de 2014. “Nossa perspectiva para os próximos anos é aumentar este quantitativo”, observa o professor Álvaro.

Compartilhe: