V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Pista de atletismo da Vila Olímpica da Unit é inaugurada

Construída em 1999, a pista de atletismo da Vila Olímpica da Unit  passou por revitalização e foi inaugurada no segundo dia de Circuito

às 18h33
Paratletas Yohansson Nascimento e Alan Bezerra, atleta da Unit, fizeram corrida simbólica para marcar a inauguração da pista (Fotos: Luiz Dinarte)
Paratletas Yohansson Nascimento e Alan Bezerra, atleta da Unit, fizeram corrida simbólica para marcar a inauguração da pista (Fotos: Luiz Dinarte)
Solenidade contou com a presença de convidados ilustres (Fotos: Luiz Dinarte)
O presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Mizael Conrado ao lado do reitor Jouberto Uchôa de Mendonça (Fotos: Luiz Dinarte)
Compartilhe:

Por Denise Gomes

Na manhã deste sábado, 24, o segundo dia de competições do Circuito Brasil Loterias Caixa 2018, etapa Norte/Nordeste, foi marcado por um momento especial: a inauguração da pista de atletismo da Vila Olímpica, da Universidade Tiradentes – Unit.

Sediar o maior evento paraolímpico do Brasil é, para o reitor Jouberto Uchôa de Mendonça, como um prêmio. “Por todo o esforço e dedicação que temos feito para tornar a Vila Olímpica a referência em qualidade no Norte/Nordeste do país. É, com muito orgulho, que realizamos a inauguração da pista de atletismo em meio ao maior evento paraolímpico brasileiro, mais um marco para a história da nossa universidade”, destacou o reitor Jouberto Uchôa de Mendonça.

O evento contou com a presença do medalhista paralímpico, Yohansson Nascimento, que se tornou uma referência no atletismo nos últimos anos. “Fico muito feliz em ver que o atletismo, esse esporte que mudou a minha vida, está sendo difundido em vários pontos do país. Sou de Maceió e acabei saindo de lá para morar em São Paulo, pois infelizmente, não temos uma pista de atletismo oficial como essa que está sendo inaugurada hoje. Esse é um momento de grande alegria, pois é muito bom ver que nós temos cenários como esses, que sem dúvidas, incentivam muitas pessoas com deficiência ou não a praticarem esporte”, enfatizou o atleta.

Placa

Além do descerramento da placa que leva o nome do medalhista olímpico, uma corrida simbólica dos paratletas Yohansson Nascimento e Alan Bezerra, atleta da Unit, marcou a inauguração da pista. “É uma honra participar deste momento levando o nome da Universidade Tiradentes, instituição que tenho muito orgulho em ser aluno, e principalmente, de ser atleta patrocinado, pois é graças a esse incentivo que recebo aqui, que posso ser um atleta de alto rendimento e conquistar ainda mais medalhas”, disse Alan Bezerra.

Para o presidente do Comitê Paralímpico Brasleiro, Mizael Conrado, a organização do evento contou com grandes parceiros. “Estamos muito felizes em trazer aqui para a capital sergipana o maior evento paraolímpico do Nordeste. Encontramos grandes parceiros a exemplo do reitor Jouberto Uchôa, dos secretários estadual e municipal do esporte, que contribuíram muito conosco colocando toda essa estrutura à nossa disposição. Posso dizer que iremos incluir com certeza Aracaju na rota do desenvolvimento no Brasil”, afirmou.

“Quando estive aqui há pouco tempo pude perceber que as instalações atendiam todas as necessidades que um evento como esse exige. Uma das nossas preocupações é oferecer às pessoas com deficiência o que temos de melhor e acredito que aqui nós encontramos todas as qualidades para suprir essas necessidades. Um evento como esse para o Estado é uma oportunidade para que as pessoas possam experimentar e ter locais de práticas, por isso é tão importante que as universidades abram suas portas para o público. Além disso, é fundamental unir conhecimento e extensão, e isso nos estamos vendo aqui e é nosso dever fazer com que isso aconteça”, ressaltou Ivaldo Brandão, vice-presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro.

Compartilhe: