V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Programa Buddy: uma oportunidade de internacionalização sem sair do País

Estudantes da Unit têm a oportunidade de participar do Programa Buddy para o acolhimento de alunos estrangeiros.

às 16h26
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
A assessora de mobilidade acadêmica internacional, Stephanie Donald.
O estudante Iuri Dantas Passos da Mota participou da edição de 2019.2.
Compartilhe:

Chegar pela primeira vez em uma universidade é desafiador para qualquer estudante, imagine para alguém que vem de outro país para estudar durante alguns períodos em uma instituição estrangeira. Por isso, a Universidade Tiradentes (Unit) possui o Programa Buddy, no qual alunos da própria instituição acompanham os estudantes incoming durante a nova experiência.

A palavra inglesa significa ‘colega’ em português e retrata um programa de acolhimento oferecido aos alunos internacionais. “O objetivo principal desse programa é prestar o auxílio a esses estudantes durante a sua transição e adaptação ao dia-a-dia nas cidades em que atuamos, através de um match realizado com um aluno da nossa instituição, designado para promover esse acompanhamento”, explicou a assessora de mobilidade acadêmica internacional da Unit, Stephanie Donald.

O estudante da Unit oferece ao aluno internacional ajudas referentes a:

  • Acompanhamento e orientações práticas em transporte, moradia, vistos e planejamento financeiro;
  • Auxílios burocráticos e institucionais;
  • Atividades de socialização, lazer e turismo.

Para o aluno da Unit, ser um buddy é uma oportunidade de participar de uma experiência internacional sem precisar sair do País. “A partir do momento que tem a oportunidade de conviver e interagir com um aluno internacional, que chega em nossa instituição trazendo uma diferente visão de mundo, uma outra cultura e, é claro, falando um outro idioma. Muitas vezes os alunos envolvidos no programa aproveitam para praticar um segundo idioma, aprender sobre a cultura do aluno internacional e estabelecer novos contatos”, complementou.

O estudante Iuri Dantas Passos da Mota participou da edição de 2019.2 e acompanhou estudantes do Peru. Durante a experiência ele aprimorou o conhecimento na língua e também da cultura peruana. “Conheci mais sobre a cultura deles, aprendi mais a língua espanhola e criamos uma amizade muito boa. No começo, a comunicação foi complicada, porque quando a gente ouve ou fala com um nativo da língua espanhola percebe o quanto é diferente do que achamos. Depois de um tempo eu já conseguia compreender eles falando espanhol e eles conseguiam me compreender falando em português, ou seja, o programa é de grande importância em relação a aprender uma nova língua e/ou aprimorar uma língua que já tem conhecimento”, contou.

A última seleção para o programa aconteceu em 2020.1. Seis estudantes da Unit foram selecionados para acompanhar os estudantes incoming. “Foi o semestre em que a pandemia da covid19 teve início, o que gerou um grande desafio para os participantes envolvidos. Mas, ao mesmo tempo, funcionou como uma rede de apoio fundamental para os alunos que estavam longe de casa durante esse período”, pontuou Stephanie.

Quem deseja participar do programa precisa participar de um processo seletivo, conforme edital vigente no semestre. Para 2022, com a retomada de projetos e programas de mobilidade presencial, a perspectiva é que, em breve, a Unit receba estudantes de outros países e assim, retomar o Programa Buddy também.

 

Leia também: Programa SUSI: Discentes têm nova oportunidade de mobilidade acadêmica

Compartilhe: